Futuras mamães fiquem atentas às altas temperaturas

Inchaço nas pernas e queda da pressão arterial são algumas das queixas das grávidas no verão

Comentar
Compartilhar
23 FEV 201516h05

Marcado pelas altas temperaturas, o verão 2015 deu uma amenizada no início de fevereiro, mas habituados com o país tropical em que vivemos, sabemos que os termômetros que já estão registrando a marca de 30°C, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, só tendem a subir mais. E é durante esses dias de calor intenso que as futuras mamães precisam tomar mais cuidado.

De acordo com o ginecologista e obstetra, Maurício Sobral, sintomas como inchaço, queda da pressão arterial seguida de tontura, desmaio e moleza são as mais frequentes reclamações das gestantes nesta época. Para evitar tais transtornos o especialista indica evitar a exposição direta ao sol, além de recomendar a ingestão de muito líquido e de alimentos saudáveis como frutas, legumes e verduras, evitando sempre as comidas gordurosas, além de priorizar o uso de peças confortáveis como chapéu, óculos escuros e de protetor solar.

As futuras mamães precisam tomar mais cuidado nos dias de calor intenso (Foto: Divulgação)

O especialista explica ainda que para as grávidas que decidem viajar, os cuidados devem ser os mesmos e ressalta a importância de avisar e receber a permissão do obstetra. “Dependendo da idade gestacional, se for, por exemplo, no final, após 32 semanas, não é indicado viajar”, completa. Em casos em que persistem os sintomas de mal-estar, ou o surgimento de sangramentos, a  barriga ‘dura’ com frequência, parada da movimentação fetal, perda de líquido via vaginal, dor persistente em ‘baixo ventre’ é imprescindível buscar ajuda médica.