“Fumacê” é arma para combater dengue em Praia Grande

Nebulização será aplicada nesta sexta-feira (8), no Caieras. Aparelhos foram adquiridos em agosto de 2012

Comentar
Compartilhar
06 MAR 201320h05

Praia Grande passa a contar com mais um importante aliado para combater a dengue, a partir da próxima sexta-feira (8). Conhecido popularmente como “fumacê”, os aparelhos atomizadores, que disparam o inseticida Malation, usado contra o mosquito aedes aegypti, serão usados em todos os bairros do Município, priorizando os que registram maior número de casos. Sob supervisão da Superintendência de Controle de Endemias (SUCEN), do Governo do Estado, a nebulização começa sexta-feira (8), nas ruas e residências do bairro Caieiras.

Os bairros Quietude e Esmeralda também devem receber a visita das equipes da Divisão de Controle de Zoonoses. Segundo a chefe do setor, Maria Fernanda Gonçalves, é preciso alguns cuidados, já que o processo implica em impactos ambientais. “Antes da nebulização, agentes de saúde visitarão as casas, explicando como é o processo e os cuidados a serem tomados”, destacou.

Animais, crianças e idosos devem ser retirados do ambiente a ser atingido pelo inseticida. Maria Fernanda ressalta ainda que a nebulização é um reforço no combate ao mosquito, mas não é a solução definitiva para o problema, já que o veneno age por apenas 20 minutos e não elimina as larvas e ovos do aedes. “O mosquito tem de ser combatido com vistorias periódicas aos imóveis para evitar a presença de recipientes que possam servir de criadouros. Por isso, é importante a colaboração da população, inclusive permitindo a visita aos imóveis”.

A ordem dos bairros deverá ser determinada levando em conta o número de casos confirmados em cada área. Por isso, pede-se aos munícipes que procurem a unidade de saúde mais próxima de sua residência, caso apresentem os sintomas da dengue e realizem os exames quando solicitados.

Conhecido popularmente como “fumacê” os aparelhos serão usados em todos os bairros do Município (Foto: Divulgação)

Ações

Desde de 2012, Praia Grande vem se estruturando para combater a dengue. Além dos três atomizadores (aparelhos usados na nebulização), bem como as roupas especiais necessárias ao manuseio do veneno, Praia Grande adquiriu novos veículos (três peruas kombis e um Gol) apenas para o combate à dengue, que foram entregues no último dia 26 ao Município. A Sesap também vem investindo na atualização de seus profissionais e está realizando um ciclo de palestras que envolvem mais de 900 funcionários da rede de saúde municipal, entre agentes, enfermeiros e médicos.

Nos dias 21 e 22 de fevereiro, o Município realizou um mutirão, envolvendo mais de 100 servidores municipais, com caminhões, retroescavadeiras e outros veículos pesado, que percorreu os bairros Caieras, Quietude e Esmeralda. Foram recolhidos mais de 210 toneladas de materiais inservíveis e mais de 2.500 residências foram visitadas em busca de focos do mosquito. Outros mutirões devem acontecer nos próximos dias.

No momento, Praia Grande contabiliza 194 casos confirmados de dengue. Em 2010, ano epidêmico em todo o País, até o dia 18 de fevereiro, a Cidade já contava com 1.000 casos. A conduta da Secretaria de Saúde Pública é agir de forma preventiva.