X
Saúde

Fake news sobre vacinas da Covid-19 e doação de sangue deixa estoque em Santos no nível crítico

"As pessoas ainda acham equivocadamente que precisam esperar um tempo mais longo do que o necessário para doarem sangue. E isso tem impactado na queda dos nossos estoques", explica Bibiana Alves, líder de captação do Banco de Sangue de Santos

A falta de informações corretas sobre o período em que o doador ao ser vacinado contra a Covid-19 deve esperar para poder doar sangue, gera dúvidas. / Marcelo Camargo/Agência Brasil

A falta de informações corretas sobre o período em que o doador ao ser vacinado contra a Covid-19 deve esperar para poder doar sangue, gera dúvidas, e tem afastado os doadores dos Bancos de Sangue do país.

"As pessoas ainda acham equivocadamente que precisam esperar um tempo mais longo do que o necessário para doarem sangue. E isso tem impactado na queda dos nossos estoques", explica Bibiana Alves, líder de captação do Banco de Sangue de Santos.

A líder de captação destaca a importância das pessoas se programarem para doar sangue neste momento em que o processo de vacinação está em ritmo acelerado no país, pois há um período de inaptidão temporária para cada vacina - Coronavac são 48 horas, AstraZeneca, Pfizer e Janssen são 7 dias.

"Os doadores que recebem o imunizante contra o coronavírus se tornam inabilitados a doarem sangue por um período curto que varia de 48 horas a uma semana. Por isso, é importante que eles estejam atentos a esse prazo e façam a sua doação antes ou depois de se vacinarem, e também incentivem seus amigos e familiares que estejam aptos a praticar esse gesto solidário que salva vidas", afirma.

Bibiana Alves ressalta a necessidade de incentivar os dois gestos: "tanto a vacina, quanto a doação de sangue salvam vidas e são atos solidários. Quando nos vacinamos estamos também pensando na imunidade do próximo, e, ao doarmos sangue, estamos proporcionando que mais pessoas tenham direito à vida", conclui.

Reforçando o período de inaptidão das vacinas:

• Coronavac - ao ser vacinado, a pessoa deve aguardar 48 horas para doar sangue;

• AstraZeneca, Pfizer e Janssen - a pessoa deve aguardar 7 dias.

O Banco de Sangue de Santos informa ainda que a situação dos estoques continua crítica. No momento, o déficit das bolsas sanguíneas é de 35%, um fator preocupante, pois as demandas vêm aumentando em razão da retomada da vida social, do retorno de cirurgias eletivas, além dos pacientes que prosseguem em tratamentos de Covid, anemias, câncer, dentre outros procedimentos.

A instituição segue rigorosamente todos os protocolos contra a Covid-19 e mantém boas práticas preventivas para o enfrentamento ao coronavírus.

Atende de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, e aos sábados das 7h às 15h, na Rua Doutor Armando Salles de Oliveira, 138, Boqueirão, em frente à Casa de Saúde.

Requisitos básicos para doação de sangue:

• Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;

• Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);

• Não é permitido realizar doação acompanhado de menores de 12 anos (exceto se o menor estiver acompanhado de dois adultos, sendo necessário o revezamento dos mesmos enquanto acontece a doação);

• Estar em boas condições de saúde;

• Pesar no mínimo 50 kg;

• Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

• Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar 3 horas. Não é necessário estar em jejum;

• Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);

• Não ter diabetes em uso de insulina;

• Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;

• Não ter tido Doença de Chagas ou Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST);

• Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 7 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;

• Aguardar 48h para doar caso tenha tomado a vacina da gripe, desde que não esteja com nenhum sintoma.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Política

Caso de mulher detida após xingar Bolsonaro será investigado em inquérito, decide Justiça

A decisão acata pedido do Ministério Público Federal (MPF), que apura suposta abordagem indevida e abusiva dos policiais rodoviários federais e policiais federais

Eleições 2022

Após Moro dizer que Lula 'arregou', PT afirma que não dará holofotes a ex-juiz

Em postagem no Twitter, Moro disse que Lula "arregou" ao pedir para o partido desistir por ter "medo das verdades incômodas que iriam surgir"

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software