Dia D contra a gripe

Secretaria de Estado da Saúde quer vacinar mais de 9 milhões durante esta campanha

Comentar
Compartilhar
26 ABR 201403h45

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo promove neste sábado, 26 de abril, o “Dia D” da campanha de vacinação contra o vírus Influenza, causador da gripe. Por todo o Estado 6,3 mil postos de saúde, entre fixos e volantes, estarão abertos das 8 às 17 horas. A meta é imunizar 9,2 milhões de paulistas, o que representa 80% do público-alvo.

Devem receber a vacina idosos com 60 anos ou mais, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), crianças a partir de seis meses e com menos de cinco anos de idade, indígenas, pacientes diagnosticados com doenças crônicas e profissionais de saúde do Estado.

A novidade para a campanha deste ano é o aumento da faixa etária abrangida entre a população infantil. Até o ano passado, a vacinação incluía crianças entre seis meses a menores de dois anos.

Além de imunizar a população contra a gripe A H1N1, tipo que se disseminou pelo mundo na pandemia de 2009, a campanha também irá proteger a população contra outros dois tipos do vírus influenza: influenza A H3N2 e B. A campanha, que segue até 9 de maio, mobilizou 37,3 mil profissionais da saúde, estaduais e municipais. A estrutura da vacinação inclui, ainda, três mil veículos, 21 ônibus e quatro barcos.

“É importante reforçar aos pais e responsáveis que a faixa etária para a vacinação contra a gripe entre as crianças foi ampliada neste ano. Todas as crianças entre seis meses e quatro anos de idade podem tomar a vacina gratuitamente em qualquer posto de vacinação. Vale esclarecer também que a vacina não provoca, de maneira nenhuma, gripe em quem tomar a dose, pois é feita de pequenos fragmentos do vírus que são incapazes de causar qualquer infecção”, afirma Helena Sato, diretora de Imunização da Secretaria.

Santos 
A Secretaria Municipal de Saúde monta um esquema especial de trabalho hoje. As salas de vacina das unidades básicas e de saúde dos bairros estarão de portas abertas para receber a comunidade, das 8 às 17 horas.

Serão montados, ainda, cinco postos extras, em locais com grande circulação de público, com funcionamento no mesmo horário: junto ao hipermercado Extra (Campo Grande), Carrefour Praiamar (Aparecida), Centro Comercial Miramar (Boqueirão), Fonte do Sapo (Aparecida) e Praça das Bandeiras (Gonzaga).

A meta estabelecida pelo Ministério é imunizar, no mínimo, 80% do público-alvo total (133.268 pessoas em Santos).

São Vicente
A Secretaria da Saúde de São Vicente promove, das 8 às 17 horas, o D de Vacinação contra a Gripe. São cerca de 300 funcionários da Saúde mobilizados para trabalhar na campanha. A meta da Secretaria da Saúde é vacinar 80% da população indicada, ou seja, 69.409 pessoas até o dia 09 de maio.

A Secretaria da Saúde também está realizando agenda- Arquivo / DL Dia D contra a gripe Secretaria de Estado da Saúde quer vacinar mais de 9 milhões durante esta campanha vacinação mento para vacinação contra a gripe (Influenza) em domicílio, para pessoas acamadas (idosos e/ou portadores de doenças crônicas sem condições de locomoção). Os interessados devem entrar em contato com o Departamento de Vigilância Epidemiológica pelo telefone (13) 3569-5702.

O Dia D receberá os interessados em se vacinar em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), nas Estratégias Saúde da Família (ESF) e em postos volantes espalhados pela Cidade.

Estado espera imunizar mais de 500 mil pessoas (Foto: Arquivo/DL)

Cubatão
O Dia “D” de Mobilização Nacional, pela ampla abrangência da Campanha, haverá 21 postos fixos na Cidade, que atenderão das 8 às 17 horas, e outros volantes, com horários específicos. Estes últimos incluirão locais mais distantes do Centro da Cidade e atenderão inclusive à acamados em domicílio. Confira a lista de locais no site da Prefeitura: www. cubatao.sp.gov.br.

Os cuidadores de acamados não incluídos no Programa de Atendimento Domiciliar (PAD) da Prefeitura podem contatar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima do paciente para informar que têm interesse em receber a vacina.

As informações são do Serviço de Vigilância Epidemiológica (SVE).

Itanhaém
Os postos volantes atuarão nas Casas de Repouso (asilos) do Município. Os fixos serão as Unidades de Saúde da Família (USF) e o Centro Especializado na Saúde da Criança e da Mulher (Cescrim Paula Vegas). Todos os locais, sem exceção, aplicarão as vacinas das 8 às 17 horas.

Vale ressaltar que cuidadores de pacientes acamados deverão entrar em contato com a USF mais próxima para a imunização.

Praia Grande
A Secretaria de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande preparou um esquema especial de trabalho para melhor atender os munícipes que serão imunizados na data. Durante todo o sábado, a dose estará disponível nas 21 unidades de Saúde da Família (Usafas) e Multiclínicas, das 8 às 17 horas. As sedes do Conviver Ocian, das 9 às 12 horas e do associação dos Aposentados, das 9h30 às 11h30, também serão pontos de vacinação. A Sesap espera imunizar cerca de 20 mil pessoas apenas no Dia ‘D’.

A meta total da campanha estipulada pelo Ministério da Saúde é vacinar 80% do público alvo. Em Praia Grande, de acordo com dados da Sesap, mais de 50 mil pessoas fazem parte dos grupos que deverão ser vacinados.

Bertioga
Seis postos de vacinação, sendo quatro fixos e dois volantes estarão à disposição da população de Bertioga para imunização contra a gripe, neste sábado, dia 26, das 8 às 17 horas. A meta do Município é vacinar 13.278 pessoas até o final da campanha. Os postos estarão no ambulatório do Hospital Municipal, na EMEIF Chácara Vista Linda (Fazendinha), no Supermercado Krill, na EMEIF Dr. Mário Covas e os volantes passaram do Caiubura ao Indaiá e de Boracéia a São Lourenço.

Peruíbe
O dia D em Peruíbe atenderá das 8 às 17 horas. A imunização será aplicada apenas nos postos fixos, conforme a relação abaixo: Casa da Mulher, UBS Caraguava, UBS Parque do Trevo, UBS Jardim Ribamar e UBS Jardim Veneza.