X
Saúde

Dezembro Vermelho: Santos tem programação de enfrentamento ao HIV/Aids

Fórum, testagens em locais públicos e caminhada fazem parte da programação do mês

Dezembro Vermelho: Santos tem programação de enfrentamento ao HIV/Aids / Divulgação/ PMS

O mês de dezembro inicia com o Dia Mundial de Luta contra a Aids, nesta quarta-feira (1), e a cidade de Santos terá ampla programação não apenas para esta data como para os demais dias, com foco na prevenção e na detecção precoce dos casos de HIV/Aids.

Fórum, testagens em locais públicos e caminhada fazem parte da programação preparada pela Coordenadoria de Controle de Doenças Infectocontagiosas da Secretaria de Saúde, que conta com a parceria do Grupo de Apoio à Prevenção à Aids (Gapa).

Fórum

Na quarta-feira (1), às 19h, será realizado o 1º Fórum Fique Sabendo de Santos, voltado aos servidores da Secretaria Municipal de Saúde relacionados ao tema, com atualização de dados epidemiológicos em nível nacional, estadual e municipal e os desafios pós-pandemia no enfrentamento às ISTs. No evento, também serão realizados testes rápidos de HIV e sífilis, aferição de pressão e glicemia, multivacinação e apresentação do grupo Movimente-se com a Música e Dança. Autotestes de HIV e preservativos serão distribuídos em estandes.

O evento será realizado no Campus Rangel da Universidade Paulista (Unip) com palestras dos infectologistas Marcos Caseiro e Elisabeth Dotti e da interlocutora de IST/Aids do Grupo de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo, Vera Lúcia de Souza. É necessário apresentar a carteira de vacinação da Covid-19 com duas doses de vacinas aplicadas ou dose única se for do imunizante Janssen.

Testagens 

Durante a primeira semana do mês acontece a Campanha Fique Sabendo, de mobilização à realização de testagem para a detecção do HIV e que em Santos também se estende à sífilis.

Nesta quinta-feira (2), qualquer interessado pode fazer o teste de HIV e sífilis das 9h às 16h na Rodoviária de Santos, localizada na Praça dos Andradas, no Centro.

Na sexta-feira (3), a testagem será direcionada aos profissionais do sexo, das 18h às 22h, no cruzamento da Rua Amador Bueno e Avenida Senador Feijó, no Centro.

Já na segunda-feira (6), das 14h às 17h, a testagem volta a ser direcionada a qualquer interessado, em uma tenda montada no lado externo da UPA Central, localizada na Rua Joaquim Távora, na Vila Belmiro. Já na terça-feira (7), das 14 às 17h, a testagem será realizada na empresa Vopak, destinada aos funcionários.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Todos os testes são realizados por equipes capacitadas, que orientam todos os testados, independentemente do resultado, que é sigiloso.

"Quanto mais cedo o HIV for identificado e mais precocemente o tratamento iniciar, melhor para o controle da carga viral que é essencial para evitar a manifestação da Aids, a doença causada pelo vírus. Já a sífilis é uma doença que tem cura, porém é silenciosa no início e a testagem é a melhor forma de identificação precoce da doença", destaca o secretário Adriano Catapreta.

Em 2020, Santos registrou 76 casos de HIV, 65 de Aids e 775 de sífilis adquirida. Em 2021, 40 casos de HIV, 39 de Aids e 388 de sífilis adquirida.

Caminhada

Com o intuito de conscientização quanto à prevenção do HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), Santos realiza uma caminhada no próximo sábado (4), a partir das 10h. O evento é aberto a qualquer interessado.

A concentração será na orla da praia do Boqueirão, em frente à Avenida Conselheiro Nébias. O destino dos caminhantes, que de preferência devem trajar roupa ou acessório na cor vermelha, será a Praça das Bandeiras, na orla da Praia do Gonzaga.

Durante o evento, haverá distribuição de autotestes de HIV, preservativos e material educativo sobre ISTs. Também estão programadas apresentações de zumba, muay thai e música ao vivo.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Política

Caso de mulher detida após xingar Bolsonaro será investigado em inquérito, decide Justiça

A decisão acata pedido do Ministério Público Federal (MPF), que apura suposta abordagem indevida e abusiva dos policiais rodoviários federais e policiais federais

Eleições 2022

Após Moro dizer que Lula 'arregou', PT afirma que não dará holofotes a ex-juiz

Em postagem no Twitter, Moro disse que Lula "arregou" ao pedir para o partido desistir por ter "medo das verdades incômodas que iriam surgir"

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software