Deputado questiona aquisição de cloroquina pelo Ministério da Saúde

O parlamentar quer saber o que justifica a decisão do governo federal de continuar adquirindo insumos para a produção da cloroquina

Comentar
Compartilhar
15 AGO 2020Por Folhapress08h36
*Foto meramente ilustrativaFoto: Reprodução/Redes Sociais

O deputado federal Marcelo Calero (Cidadania-RJ) encaminhou um requerimento de informação ao ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, nesta semana, no qual questiona a aquisição de hidroxicloroquina e cloroquina pelo ministério.

O parlamentar quer saber o que justifica a decisão do governo federal de continuar adquirindo insumos para a produção da cloroquina, mesmo sem estudos que comprovem a eficácia do remédio no tratamento da Covid-19, e quais foram os gastos do ministério com a produção do medicamento.

"O posicionamento assumido pelo governo federal demonstra que as decisões de políticas públicas não estariam baseadas em evidências científicas", diz o parlamentar no documento.

"Entendemos que a aquisição de medicamento sem eficácia comprovada para a doença demonstra a ineficiência do ministério na definição de prioridades", segue o texto.