Covid: Estudantes de Etecs de SV e Mongaguá atuam na vacinação de idosos

Cerca de 80 alunos das Etecs de São Vicente e Mongaguá participam da campanha de vacinação; jovens da Etec de Bauru devem começar em março

Comentar
Compartilhar
24 FEV 2021Por Da Reportagem13h02
Vacinação de Covid-19 teve apoio de jovens profissionais da Baixada SantistaVacinação de Covid-19 teve apoio de jovens profissionais da Baixada SantistaFoto: Divulgação

A força-tarefa para vacinação de idosos contra a Covid começou a mobilizar estudantes dos cursos técnicos de Enfermagem das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) do Centro Paula Souza (CPS). Cerca de 80 alunos e 10 professores das Etecs Drª Ruth Cardoso, de São Vicente, e Adolpho Berezin, de Mongaguá, na Baixada Santista, estão colaborando na linha de frente da campanha em parceria com as prefeituras e autoridades municipais de saúde.

Em São Vicente, a participação dos jovens teve início no último dia 15, em um drive-thru instalado em frente ao Fundo Social de Solidariedade, no centro da cidade. De acordo com a coordenadora do curso de Enfermagem da Etec Drª Ruth Cardoso, Renata Alves, os alunos vacinaram mais de 300 idosos na primeira semana. “Além da satisfação por fazer parte deste momento histórico de enfrentamento à doença, o trabalho voluntário conta como horas de estágio para o currículo”, explica. “Os estudantes trabalham técnicas relacionadas aos cuidados com transporte e acomodação das vacinas, bem como aspiração e aplicação das doses. Também são desenvolvidas outras habilidades, como o acolhimento da população de uma faixa de idade muito sensível psicologicamente”, diz.

Já no município de Mongaguá, a equipe da Etec Adolpho Berezin colaborou com a vacinação de mais de 100 idosos, entre os dias 9 e 19, em duas Unidades Básicas de Saúde (UBS). “A campanha contra a Covid foi o início do retorno dos estudantes às atividades de estágio. Eles também atuam aplicando outras vacinas, fazendo curativos, visitas domiciliares, auxílio em consulta de pré-natal, triagem de pacientes, entre outros procedimentos”, conta a coordenadora do curso de Enfermagem da unidade, Gabriela Tavares de Lima.