Covid: Bertioga solicita ao Estado envio urgente de mais doses de vacinas

Preocupada com a falta de vacinas contra a Covid-19 para atender aos grupos prioritários, a Prefeitura enviou ao Governo de São Paulo ofício solicitando urgência no envio de 3.336 doses do imunizante.

Comentar
Compartilhar
24 ABR 2021Por Da Reportagem14h40
No início de abril o prefeito Caio Matheus esteve reunido presencialmente com o secretário de Desenvolvimento Regional para tratar sobre o envio de vacinas para o MunicípioNo início de abril o prefeito Caio Matheus esteve reunido presencialmente com o secretário de Desenvolvimento Regional para tratar sobre o envio de vacinas para o MunicípioFoto: FELIPE MAGALHÃES/PMB

Preocupada com a falta de vacinas contra a Covid-19 para atender aos grupos prioritários, a Prefeitura de Bertioga enviou ao Governo do Estado nesta sexta-feira (23) um ofício solicitando urgência no envio de 3.336 doses do imunizante.
 
Desse total, 1.468 serão destinadas aos idosos com 64 anos ou mais (primeira dose), 1.468 para pessoas com idade acima de 70 anos (segunda dose) e 400 para atender os trabalhadores da saúde.

De acordo com a secretaria de saúde o quantitativo recebido tem sido insuficiente para atender a demanda do Município, pois o governo estadual vem usando como referência os dados demográficos do último censo do IBGE, realizado em 2010, causando um déficit médio de 30% em todas as faixas etárias.

A administração municipal está constantemente cobrando o Governo do Estado para corrigir esta defasagem. Além de enviar ofícios e solicitações, no início de abril o prefeito Caio Matheus esteve reunido presencialmente com o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, para tratar sobre o envio de vacinas para o Município.

A Prefeitura também está adotando as medidas necessárias para a compra direta de vacinas por meio dos consórcios dos municípios da Baixada Santista e da Frente Nacional de Prefeitos. A expectativa é a aquisição de doses para vacinar inicialmente 50 mil pessoas.