X
Saúde

Centro de Reabilitação recebe certificação internacional por serviço prestado no Litoral

Considerado um dos mais rigorosos, selo canadense CARF é reconhecido por seus altos níveis de exigência para acreditar instituições mundo afora

Desde sua inauguração, já foram realizados mais de 345 mil atendimentos / Divulgação

Criado com o objetivo de proporcionar o melhor e mais avançado tratamento de reabilitação a pacientes com deficiências físicas incapacitantes, motoras e sensório-motoras, o Centro de Medicina de Reabilitação Lucy Montoro de Santos, gerenciado desde 2020 pelo CEJAM - Centro de Estudos e Pesquisas "Dr. João Amorim" - em parceria com o Governo do Estado de São Paulo -, recebeu pela segunda vez o selo internacional Commission on Accreditation of Rehabilitation Facilities (CARF) pelo atendimento prestado a pacientes no litoral paulista.

A CARF é uma respeitável entidade canadense reconhecida por seus altos níveis de exigência para acreditar instituições mundo afora. O Centro de Medicina de Reabilitação Lucy Montoro Santos já havia sido contemplado com a 1ª acreditação em 2018 pelos serviços que exerce com pacientes dos municípios de Santos, Cubatão, Guarujá, Bertioga, São Vicente, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe, no litoral paulista.

"É muito gratificante estarmos entre as 10 unidades do Brasil que receberam este selo de acreditação tão importante mundialmente. Essa conquista tem grande significado, pois é o reconhecimento máximo da excelência em gestão no atendimento", afirma a enfermeira Camila Carneiro, coordenadora assistencial.

Segundo a especialista, para esta acreditação, o centro passou novamente pelo processo de avaliação em 2021, recebendo o selo por mais três anos, tendo como diferencial uma certificação a mais, especificamente dedicada ao ambulatório de usuários amputados, considerando a qualidade e especialização no atendimento prestado a este público.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Para o Dr. Celso Vilella Matos, especialista em Medicina Física e Reabilitação e diretor Técnico da Instituição, esta é uma maneira formal de reconhecer e evidenciar processos seguros que garantam a qualidade do tratamento.

"O Centro de Medicina de Reabilitação Lucy Montoro Santos tem como missão reduzir as dificuldades enfrentadas por pessoas com deficiência física no dia a dia. Nosso objetivo é ajudar o paciente na sua incapacidade, e não necessariamente na sua doença. Temos como foco identificar as dificuldades que estas pessoas possuem, no momento, e tentar torná-las independentes."

Na unidade, são atendidos casos de amputações e má-formação congênita, lesões encefálicas do adulto e infância (LEA), lesões medulares, paralisia cerebral, crianças com síndrome de down e atraso no desenvolvimento neuropsicomotor, doenças neuromusculares e neurodegenerativas.

Desde sua inauguração, já foram realizados mais de 345 mil atendimentos. Além disso, foram distribuídas mais de 11 mil próteses, órteses e meios auxiliares de locomoção para pacientes em nove municípios da Baixada Santista.

Serviços

Utilizando recursos tecnológicos de última geração, o Centro de Medicina de Reabilitação Lucy Montoro de Santos integra tecnologia ao tratamento de seus pacientes, além de oferecer uma série de serviços com foco em humanização.

O especialista em Medicina Física e Reabilitação chama a atenção para o Lokomat, um dispositivo de marcha suspensa que auxilia na reabilitação do andar do paciente; e para o Vivax, equipamento de robótica 100% nacional que possibilita movimentos tridimensionais dos membros superiores, até então não alcançados por nenhuma tecnologia do mundo.

A unidade conta ainda com impressora 3D que é usada para confeccionar dispositivos para adaptar funções da atividade de vida diária, como alimentação ou tarefas de autocuidado.

Equipe multiprofissional

O centro conta com equipe multiprofissional altamente capacitada, que auxilia no processo de reabilitação.

A equipe é composta por médicos fisiatras, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, assistentes sociais, educador físico, nutricionista e outros profissionais especializados em reabilitação.

"Nosso centro trabalha com profissionais empenhados que buscam garantir a excelência no acolhimento e o respeito às particularidades de cada caso", finaliza Dr. Celso.

Sobre o CEJAM

O CEJAM - Centro de Estudos e Pesquisas "Dr. João Amorim" é uma entidade filantrópica e sem fins lucrativos. Fundada em 1991, a Instituição atua em parceria com prefeituras locais, nas regiões onde atua, ou com o Governo do Estado, no gerenciamento de serviços e programas de saúde nos municípios de São Paulo, Rio de Janeiro, Mogi das Cruzes, Itu, Osasco, Campinas, Carapicuíba, Franco da Rocha, Guarulhos, Santos, São Roque, Francisco Morato, Ferraz de Vasconcelos, Peruíbe e Itapevi.

Com a missão de ser instrumento transformador da vida das pessoas por meio de ações de promoção, prevenção e assistência à saúde, o CEJAM é considerado uma Instituição de excelência no apoio ao Sistema Único de Saúde (SUS). O seu nome é uma homenagem ao Dr. João Amorim, médico obstetra e um dos fundadores da Instituição.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Ação da Receita Federal e da PF termina com 498 kg de cocaína apreendidas no Porto de Santos

A droga estava escondida em uma carga de açúcar

Praia Grande

Caminhada da Adoção pretende mobilizar pessoas e informar sobre o tema

Evento acontecerá no dia 10 de julho, na praia do Bairro Canto do Forte, em Praia Grande

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software