Casa do Educador de Guarujá promove aulas de yoga

Aulas de yoga com professor permanente e novo projeto para escolas municipais são as ações trazidas pelo equipamento público

Comentar
Compartilhar
22 FEV 201312h34

Os profissionais da rede municipal de Educação de Guarujá e da Guarda Civil contam com novidades para este ano na Casa do Educador da Prefeitura de Guarujá (Avenida Leomil, 164 – Centro). A Casa agora oferece aulas de yoga com professora permanente, antes eram realizadas por voluntários. As aulas serão ministradas três vezes por semana, às terças e quintas-feiras às 11h30 e às 19 horas, e nas quartas às 10, 11, 12 e 13 horas.

Diante do estresse do cotidiano dos professores e guardas civis, o relaxamento proporcionado pela yoga traz equilíbrio para que possam lidar melhor com as emoções do dia-a-dia. A professora de Educação Física e yoga, Carla Cristina Moreira Rodrigues, ministrará as aulas e ressalta que é recomendada para todas as faixas etárias.

“A yoga é recomendada para pessoas de todas as idades e promove relaxamento e equilíbrio, além de trabalhar a parte respiratória. Os alunos vêm com a intenção de relaxar e muitos se surpreendem com os alongamentos feitos durante a aula. A yoga é um momento só seu”, declara Carla, que explica também a importância do professor estar centrado para desenvolver suas atividades e como a yoga pode ajudar.

As aulas serão ministradas três vezes por semana, às terças e quintas-feiras às 11h30 e às 19 horas, e nas quartas às 10, 11, 12 e 13 horas (Foto: Divulgação)

Há a preocupação, por parte da professora, com o limite de cada aluno nos exercícios durante a aula, que é praticada em um ambiente calmo e com música relaxante, proporcionando tranquilidade aos profissionais.

A professora de artes, Vitorina de Fátima Codo, aproveita o horário livre entre as aulas para buscar equilíbrio e relaxamento. “Trabalhamos com muitos alunos diariamente e essas aulas fazem com que a gente esqueça um pouco o trabalho e pense mais no nosso lado individual. Saímos daqui relaxados. Acho o máximo o trabalho realizado na Casa”, declara a professora.

Ginástica laboral

A rede desenvolverá ainda o projeto Ginástica Laboral, que acontecerá nas escolas municipais, trabalhando com professores e funcionários no cuidado com problemas de articulação e coluna. As atividades do projeto contarão com relaxamento e alongamento, procurando ajudar estes profissionais que lidam com dores causadas por movimentos repetitivos.

“O projeto surgiu pela solicitação dos funcionários que sentem dores e essa ginástica é justamente para resolver esse problema dos movimentos repetitivos”, ressalta a coordenadora do projeto, Edite Matos da Silva Gracia.

Casa do Educador

Funcionando desde junho de 2009, a Casa já atendeu 31 escolas municipais da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Núcleos de Educação Infantil Municipal (Neims). A iniciativa oferece diversas opções de aulas, como alongamento, massoterapia, massagem relaxante, podólogo, reiki, terapia floral, fisioterapia, entre outras, além de ministrar palestras com temas de saúde e educação.

Segundo a coordenadora da Casa do Educador, Jildete dos Santos, a meta é ampliar as ações. “O objetivo do ano é levar mais projetos às escolas”, ressalta a coordenadora.

Entre os já desenvolvidos nas unidades de ensino, estão o Projeto Qualy, que trabalha com psicólogos; RPG, que se preocupa com a maneira correta dos alunos se sentarem e usarem mochilas; e o Projeto Florais, que trabalha com florais em questões emocionais.

As aulas acontecem de segunda a sexta-feira e é preciso ligar para marcar horário. O telefone para agendar aulas e obter informações é 3386-4378.