Carnaval terá distribuição de preservativos no Sambódromo

Dez mil kits com preservativos e folhetos estarão à disposição dos foliões de Praia Grande.

Comentar
Compartilhar
05 FEV 201321h26

O Programa Municipal DST/Aids deve marcar presença na Passarela do Samba João Apolônio durante os dois dias (11 e 12 de fevereiro) de desfiles do Carnaval da Família 2013. Enquanto os cerca de 30 mil foliões esperados para o evento aproveitam a festa, uma equipe de agentes de saúde da Secretaria de Saúde Pública (Sesap) estará à disposição no local, orientando a respeito de doenças sexualmente transmissíveis e distribuindo kits com preservativos masculinos e panfletos educativos sobre como evitar doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). A ação visa sensibilizar os presentes sobre os riscos da folia sem responsabilidade.

“Nossa meta é distribuir dez mil preservativos durante os dois dias de desfiles”, pontua a monitora da equipe de prevenção do DST/Aids, Josileide Correia, que alerta: nesta época, a vulnerabilidade da população às DSTs tende a aumentar. “Muito foliões costumam ingerir grande quantidade de álcool, o que acaba fazendo com que esqueçam de usar o preservativo.  É preciso reforçar que o uso do preservativo deve ser um hábito, capaz de evitar o HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis”.

Além do trabalho  na Passarela do Samba João Apolônio, o programa também estará presente em outros eventos de Praia Grande durante o Carnaval. Estão previstas visitas dos agentes de saúde e distribuição dos kits de prevenção nas seis tendas recreativas do projeto Estação Verão, nos bairros Boqueirão, Aviação, Tupi, Ocian, Caiçara e Real. As escolas da samba da Cidade também receberão visitas do DST/Aids até a data dos desfiles.

Uma equipe de agentes de saúde da Secretaria de Saúde Pública (Sesap) estará à disposição no local (Foto: Divulgação)

Teste

Quem quiser fazer o teste de HIV, Sífilis, Hepatite B e C, pode se dirigir ao 3º andar do Centro de Especialidades Médicas e Ambulatórias (Cemas) (Avenida Presidente Kennedy, s/n°, Bairro Guilhermina), com RG e cartão SUS. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8 às 15 horas. Não é necessário agendamento, nem estar em jejum.