Capital paulista registra mais três mortes por dengue

Até então, a capital paulista havia registrado apenas uma morte, de um garoto de seis anos, no dia 2 de abril

Comentar
Compartilhar
08 MAI 201418h39

Mais três pessoas morreram por complicações da dengue na cidade de São Paulo neste ano. Até então, a capital paulista havia registrado apenas uma morte, de um garoto de seis anos, no dia 2 de abril. As quatro mortes já representam o dobro do número de óbitos por dengue registrados na cidade em todo o ano passado.

Segundo balanço divulgado nesta quinta-feira, 8, pela Secretaria Municipal da Saúde, as vítimas são um homem e duas mulheres. O primeiro óbito, de um idoso de 68 anos, morador do Tremembé (zona norte), ocorreu no dia 11 de abril. Dois dias depois, morreram uma mulher de 34 anos e outra de 69. Uma era também moradora do Tremembé e a outra vivia no Jaguaré, na zona oeste.

Os dois distritos têm incidência de dengue acima do normal. Segundo o balanço da Prefeitura, o Jaguaré já teve 733 casos desde janeiro. A incidência da doença no bairro chega a 1.470 casos por 100 mil habitantes. Acima de 300, a ocorrência da doença já é considerada alta. No Tremembé, já foram 323 casos, com incidência de 163,7 casos por 100 mil habitantes, considerada média pela classificação do Ministério da Saúde.

Mais três pessoas morreram por complicações da dengue na cidade de São Paulo (Foto: Divulgação)