Baixada Santista se mantém na Zona Amarela

Região vê número de novos óbitos por 100 mil habitantes ter ligeira queda em índices avaliados pelo Governo do Estado

Comentar
Compartilhar
19 FEV 2021Por Da Reportagem13h20
Reclassificação manteve Baixada Santista e Vale do Ribeira na Zona AmarelaFoto: Reprodução / Youtube

A Baixada Santista segue classificada na Zona Amarela do Plano SP. A notícia foi dada pelo governador João Doria durante entrevista coletiva concedida no começo da tarde desta sexta-feira (19), no Palácio dos Bandeirantes e transmitidas pelas redes sociais do Governo do Estado de São Paulo. Entre os destaques, as nove cidades da Região conseguiram obter uma nova melhora no número de óbitos a cada 100 mil habitantes e viu índice cair ligeiramente.

A melhora nos indicadores estipulados pelas autoridades sanitárias da esfera estadual ocorre pouco mais de 20 dias após as nove cidades da Baixada terem sido recolocadas na Zona Laranja durante os dias úteis e na Zona Vermelha durante os fins de semana. Atualmente, as regiões de Araraquara, Bauru, Barretos e Presidente Prudente seguem na Zona Vermelha, onde há total restrição quanto ao funcionamento de comércios considerados não essenciais. São José do Rio Preto, Franca, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista, Piracicaba, Marília e Taubaté estão na Zona Laranja.

Dentre os cinco indicadores, a Baixada Santista segue com bons números quando se trata da capacidade hospitalar com leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com Covid-19 e também quando se trata de leitos de Covid-19 a cada 100 mil habitantes. Ambas estatísticas seguem em uma área que encaixaria os municípios na Zona Verde. Já falando sobre a evolução da pandemia, a Região conta com índice de 225,1 (Amarelo) sobre novos casos a cada 100 mil habitantes e 27,6 (Verde) quando se analisa as novas internações por 100 mil habitantes. Já quando se fala de novos óbitos por 100 mil habitantes, a Região teve grande melhora e registra 5,7, índice que permitiu o retorno das nove cidades à Zona Amarela no começo de fevereiro, mas segue caindo.