Baby Pilates é solução para mães de recém-nascidos se exercitarem

Modalidade pode ser praticada com a criança presa ao corpo da mãe, com a ajuda do sling

Comentar
Compartilhar
23 ABR 201516h16

Ter bebê em casa não é mais desculpa para não se exercitar. A fisioterapeuta Fernanda Baquedano é mãe há apenas 4 meses e desde que sua filha tinha apenas 1 mês e meio começou a se exercitar. Tudo começou qdo ela tentou retornar à sua rotina de atividade física convencional, porém sem sucesso, pois a pequena não queria ficar longe da mãe. Foi aí que Fernanda, que já fazia uso constante do sling, resolveu testar alguns exercícios com sua bebê presa ao corpo e desenvolver uma pratica esportiva em seu espaço, onde todas as mamães com bebês pudessem desfrutar dessa atividade. Assim surgiu o "Baby Pilates".

"Os bebês ficam presos na mãe com a ajuda do sling e assim conseguimos nos exercitar e realizar vários movimentos como agachamento, exercícios para braços, costas e até abdominais. O mais interessante é que eles servem como "carga extra" para a realização dos exercícios, dificultando-os; além do que eles adoram, pois o corpo da mãe em movimento acalma os bebês e alguns até dormem enquanto a mamãe se exercita”, explica Fernanda.

As aulas também podem ser praticadas por mães que por algum motivo não tem ou não se adaptaram ao sling. Nesse caso, exercícios são modificados e adaptados de acordo com a situação.

O Baby Pilates é a solução para as mães de recém-nascidos se exercitarem (Foto: Divulgação)

A especialista explica que é importante praticar exercícios físicos antes do nascimento do bebê, para adequar o corpo a essa nova fase, aumentar a disposição para a maratona que toda a mãe inicia quando o filho nasce. Porém, mesmo a mãe sendo sedentária, podemos iniciar um trabalho de fortalecimento e condicionamento. Após o nascimento do bebê, movimentar o corpo é importantíssimo para voltar à boa forma o quanto antes, manter a disposição (já que é comum não ter rotina nem dormir bem durante pelo menos 3 meses), entre outros motivos.

“Os braços precisam estar fortes para segurar o bebê, os músculos posturais e a coluna devem ser fortalecidos para evitar dores, assim como as pernas, fazendo com que o corpo da mãe volte ao seu normal. É importante ressaltar que toda mulher, mesmo depois de se tornar mãe, precisa desse tempo para se cuidar. Mas, quando há um recém nascido em casa, há também o sentimento de culpa por ficar longe. O Baby Pilates é a opção ideal para as mamães se cuidarem e continuarem bem pertinho de seus filhos”.

No Estúdio Fernanda Baquedano, algumas mamães aderiram à novidade e adoraram. “Acredito que a atividade física me ajudou a dormir melhor, a acalmar meu bebe e fazê-lo dormir melhor também, a recuperar a minha forma, e ainda a ser mais feliz", afirma Anielle Sousa Leal, aluna de Baby Pilates.