X
Saúde

Anvisa identifica dois casos de ômicron no Brasil; amostras passarão por confirmação

A agência reguladora informou que serão enviadas para análise laboratorial confirmatória as amostras de dois brasileiros que, preliminarmente, apresentaram resultado laboratorial positivo para a variante ômicron

Variante ômicron preocupa agências de saúde / REUTERS/Amanda Perobelli/Direitos Reservados

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou na tarde desta terça-feira (30) que foi identificada a variante ômicron no Brasil.

A agência reguladora informou que serão enviadas para análise laboratorial confirmatória as amostras de dois brasileiros que, preliminarmente, apresentaram resultado laboratorial positivo para a variante ômicron do Sars-CoV-2, após testagem realizada pelo laboratório Albert Einstein.

Isso ocorreu após um passageiro, que desembarcou em Guarulhos no dia 23 de novembro, vindo da África do Sul , portando resultado de RT-PCR negativo, com vistas a se preparar para a viagem de regresso à África do Sul, procurar o laboratório localizado no aeroporto de Guarulhos, no dia 25 de novembro, para, já na companhia de sua esposa, realizar o teste de RT-PCR requerido para o retorno.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Naquele momento, ambos testaram positivo para a Covid-19 e o fato foi comunicado ao Cievs -SP (Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde de São Paulo.

Diante dos resultados positivos, o laboratório Albert Einstein adotou a iniciativa de realizar o sequenciamento genético das amostras.

Ademais, o laboratório notificou a Anvisa sobre os resultados positivos dos testes e sobre o início dos procedimentos para sequenciamento genético no dia 29 de novembro e, nesta terça-feira (30) informou que, em análises prévias, foi identificada a variante ômicron do Sars-Cov-2.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Mulher suspeita de envenenar enteados com chumbinho no feijão é presa

Cíntia Mariano Dias Cabral é suspeita de ter assassinado a jovem Fernanda Carvalho, de 22 anos, e tentar repetir a prática com o irmão dela, de 16 anos

Polícia

Ex-padre é condenado a 21 anos de prisão por abuso sexual a coroinhas

A Justiça acolheu parcialmente denúncia do Ministério Público de São Paulo. A decisão foi publicada no Diário de Justiça desta sexta-feira, 20

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software