Anvisa aprova registro de primeiro medicamento a base de Cannabis

O remédio é destinado a pessoas que sofrem com a espasticidade, ou seja, músculos rígidos, condição derivada da esclerose múltipla

Comentar
Compartilhar
16 JAN 2017Por Folhapress16h00
A Anvisa anunciou, nesta segunda (16), a aprovação do registro do primeiro medicamento no Brasil derivado da CannabisFoto: Agência Brasil

 A Anvisa anunciou, nesta segunda (16), a aprovação do registro do primeiro medicamento no Brasil derivado da Cannabis. O remédio é destinado a pessoas que sofrem com a espasticidade, ou seja, músculos rígidos, condição derivada da esclerose múltipla.

O medicamento, feito à base de Cannabis sativa, é o Mevatyl, já liberado em outros 28 países, como Estados Unidos, Canadá e Alemanha.

Recentemente, algumas famílias vinham conseguindo autorizações judiciais para plantar maconha medicinal em casa. Nesse caso, contudo, o óleo da planta é usado para epilepsia.

O Mevatyl, por sua vez, não é indicado para casos de epilepsia, pois sua formulação pode agravar crises. O medicamento também não é indicado para menores de 18 anos.

O remédio será vendido com tarja preta, sendo necessária a apresentação de receita para a compra.?