X
Saúde

Alunos da APAE são os primeiros a serem vacinados contra a Covid-19 em Itanhaém

Nesta primeira etapa estão sendo priorizadas crianças com comorbidade, deficiência, indígenas e quilombolas

O ponta pé inicial das imunizações deste público, aconteceu nas dependências da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) / Divulgação/PMI

A Prefeitura de Itanhaém iniciou na manhã desta segunda-feira (17), a vacinação contra a Covid-19 às crianças de 5 a 11 anos. O ponta pé inicial das imunizações deste público, aconteceu nas dependências da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), que possui a expectativa de vacinar 50 crianças de 5 a 11 anos, cadastradas na entidade.

Antonio Henrique Farias Rodrigues Rocha, de 8 anos, foi a primeira criança da Cidade a receber a imunização contra o coronavírus. Acompanhado da mãe Valquiria Gomes da Rocha e do pai José Farias Rodrigues, a família estava ansiosa para o início da imunização das crianças. “Este é um dia muito importante para a nossa família, estávamos ansiosos por esse momento. O Antonio Henrique é uma criança especial que tem uma saúde mais fragilizada, cheia de cuidados especiais. Com a vacina ele poderá voltar a conviver com os familiares e com os colegas da escola. A chegada da vacina é um alivio para nós pais. Hoje é um dia histórico!”, afirmou Valquiria.

A segunda criança vacinada foi a Ana Clara de Lima Santos, de 11 anos, com Síndrome de Down, seguida pelo Yago Santiago Teixeira Dias, de 7 anos. “Minha filha pegou Covid no ano passado e ficamos muito assustados. Por ela possuir uma síndrome, tudo fica mais difícil. Hoje é um dia feliz que estava sendo muito aguardado. Que as próximas doses cheguem rápido!”, salientou a Patrícia de Lima, mãe da Ana Clara.

Nesta primeira etapa, estão sendo priorizadas crianças com comorbidade, deficiência, indígena e quilombolas. O agendamento já pode ser realizado pelo site oficial da Prefeitura neste link. As imunizações acontecem durante toda a semana, conforme o agendamento, nas Unidades de Saúde da Família (USF), nos bairros, ou aos sábados no Posto Volante de Vacinação (Secretaria de Turismo), na Rua Aécio Mennucci, 281, no Centro.

Segundo dados da Vigilância Epidemiológica de Itanhaém, a estimativa é que a cidade tenha mais de 10 mil crianças entre 5 e 11 anos de idade. “Assim como fizemos com os adultos, o agendamento visa facilitar a imunização das crianças, evitando aglomerações”, explicou Sandra Gomes, responsável pelo setor.

A lista das comorbidades é definida pelo Ministério da Saúde. Pais e responsáveis precisam apresentar nos postos de vacinação comprovantes como exames ou qualquer prescrição médica. Os cadastros já existentes nas Unidades Básicas de Saúde também poderão ser utilizados para a vacinação.

Acompanhe a lista de comorbidades estipulada pelo Ministério da Saúde:

•Insuficiência cardíaca

•Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar

•Cardiopatia hipertensiva

•Síndromes coronarianas

•Valvopatias

•Miocardiopatias e pericardiopatias

•Doenças da aorta, grandes vasos e fístulas arteriovenosas

•Arritmias cardíacas

•Cardiopatias congênitas

•Próteses e implantes cardíacos

•Talassemia

•Síndrome de Down

•Diabetes mellitus

•Pneumopatias crônicas graves

•Hipertensão arterial resistente e de artéria estágio 3

•Hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo

•Doença cerebrovascular

•Doença renal crônica

•Imunossuprimidos (incluindo pacientes oncológicos)

•Anemia falciforme

•Obesidade mórbida

•Cirrose hepática •HIV

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

+Milionária realiza primeiro sorteio neste sábado (28)

Modalidade é a única a contar com dez faixas de premiação

Esportes

Confronto das oitavas da Libertadores e Sul-Americana são definidos

Os confrontos das oitavas de final serão disputados na última semana de junho e na primeira semana de julho.

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software