X

São Vicente

SindServ aprova reajuste salarial proposto por Kayo Amado

Além do acréscimo de 4,62% na remuneração dos servidores, Administração Municipal propõe diversas melhorias para profissionais da Saúde, Segurança e demais setores

Da Reportagem

Publicado em 28/02/2024 às 20:12

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Em live nas redes sociais, o prefeito Kayo Amado anunciou o avanço das tratativas para a conquista / Divulgação/PMSV

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

Na noite desta terça-feira (27), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Vicente (SindServ) aprovou a proposta enviada pelo prefeito Kayo Amado, que contempla um reajuste salarial para os servidores da cidade. O plano ainda será submetido à análise da Câmara Municipal, que emitirá a resposta definitiva. 

O projeto assegura o acréscimo de 4,62% na remuneração mensal dos profissionais. O maior índice de reajuste registrado desde 2016, até então, era de 4,48%. 

Em live nas redes sociais, o prefeito Kayo Amado anunciou o avanço das tratativas para a conquista. "O maior reajuste dos últimos oito anos e uma recomposição salarial histórica. Uma proposta baseada, acima de tudo, na responsabilidade fiscal. Com organização, aprovação do Tribunal de Contas do Estado e melhorias nos indicadores financeiros, conseguimos chegar a uma proposta boa, aprovada em assembleia pelos servidores".

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Além do reajuste já mencionado, a proposta atende uma série de reivindicações das categorias, visando promover bonificações a servidores da Saúde, Segurança e demais setores. 

O projeto contempla as seguintes mudanças, a partir de junho de 2024:

- Aumento de referência para ascategorias -

Bloco 1 (carreiras transversais): Motoristas; auxiliares de serviços básicos; engenheiro civil; engenheiro (geral); engenheiro agrônomo; engenheiro elétrico; engenheiro ambiental; engenheiro de segurança do trabalho; engenheiro do tráfego; engenheiro mecânico; arquitetos; geólogos; eletricista; meio-oficial de manutenção; oficial de manutenção.

Bloco 2 (carreiras específicas): Administrador de turismo; desenhista; operador de máquinas pesadas; operador de sistemas; diagramador; tesoureiro; turismólogo; bibliotecário; intérprete de Libras; fiscais de obras; técnicos de segurança do trabalho; técnicos de suporte em informática; tecnólogo em gerontologia e desenvolvimento social; topógrafos.

Bloco 3 (área da saúde): Técnicos de enfermagem; técnicos de radiologia; técnicos de imobilização de ortopédica; técnicos de farmácia; técnicos de meio ambiente; técnicos de laboratório; enfermeiros; biomédicos; biólogos; farmacêuticos fisioterapeutas; fonoaudiólogos; nutricionistas; psicólogos; terapeutas ocupacionais; auxiliares em saúde bucal.

Contribuição do MEI tem novo valor com alta do salário mínimo em 2024

- Criação de comissão para discussão da equiparação de auxiliares administrativos a assistentes administrativos e de auxiliares de enfermagem com técnico de enfermagem;

- Reajuste do salário dos agentes de combate às endemias conforme o salário mínimo e pagamento retroativo a janeiro;

- Aumento de abono para os servidores da categoria "K", passando de R$328 para R$470 mensais;

Motoristas socorristas: aumento de uma referência e acréscimo de 15% na gratificação, subindo o valor para 40% do salário-base a profissionais atuem como socorrista ou guincheiro do Serviço 192;

Agentes de Trânsito: além do aumento do abono, acréscimo de auxílio fardamento no valor de R$800;

Equipe do Samu: criação do "auxílio fardamento" de R$800, bonificação também paga a agentes de trânsito e profissionais da Guarda Civil Municipal (GCM);

Guardas Municipais: aumento de referência; elevação do auxílio fardamento para R$1.200; aumento de duas referências na base do RET (Regime Especial de Trabalho), passando à referência "I"; aumento de uma referência no adicional de risco, passando para a categoria "J", correspondendo ao acréscimo de 30% do salário-base; aumento do RET para 50% na Referência "I" aos guardas que executam patrulhamento ostensivo in loco na cidade ou aumento de 30% da Referência "I" para os demais casos previstos.

Essas melhorias representam um acréscimo de R$25,5 milhões anuais nos investimentos da Administração Municipal para proporcionar melhores condições de trabalho aos servidores, adequando-se, também, à inflação.

Responsabilidade fiscal - O prefeito finalizou salientando que, mesmo em meio às inúmeras dificuldades impostas pelo cenário financeiro ao qual o Município enfrenta - sobretudo devido à atenuante queda nos repasses do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), FPM (Fundo de Participação dos Municípios) e Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica), São Vicente tem prezado pela responsabilidade fiscal, buscando recuperar sua credibilidade junto às instituições financeiras. 

“Não atingimos tudo aquilo que gostaríamos. Sei do valor que cada servidor tem para o crescimento da Cidade. Dentro do possível, é sim uma grande conquista. Meu compromisso é com o Município, e farei tudo que está dentro do meu alcance para oferecer condições mais dignas ao servidor. Sei que ainda está longe do ideal, mas o nosso esforço é visível, e, aos poucos, as coisas estão andando”, concluiu. 

Em novembro de 2023, o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) oficializou a aprovação das contas do primeiro ano de mandato da atual gestão. A marca não era atingida há 11 anos.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

RODOVIAS

Consórcio Litoral Paulista vence leilão de concessão do Lote Paulista

Evento aconteceu na manhã desta terça-feira (16)

Diário Mais

Saiba os melhores pontos para observação de Ovnis no litoral de SP

Os locais citados estão em Peruíbe

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter