Semana da Independência destaca patriotismo vicentino

Hasteamento de bandeiras abre programação para o 7 de setembro na Cidade

Comentar
Compartilhar
03 SET 2018Por Da Reportagem22h58
Estiveram presentes o Prefeito Pedro Gouvêa e o Deputado Estadual Caio FrançaEstiveram presentes o Prefeito Pedro Gouvêa e o Deputado Estadual Caio FrançaFoto: Antonio Ferreira/PMSV

O patriotismo do povo vicentino marcou a cerimônia que abriu, nesta segunda-feira (03), o calendário de comemorações pelo Dia da Independência. Em clima de muita emoção, São Vicente colocou as bandeiras do Brasil, dos estados, do Distrito Federal e a sua bandeira para tremularem ao vento que sopra do mar na Praia do Itararé. O evento, realizado na Praça 21 Irmãos Amigos, reuniu autoridades civis e militares e cidadãos, representados principalmente por crianças e jovens.

E foi com destaque para o futuro, simbolizado pelas crianças e pelos jovens, que o Hasteamento da Bandeira fez a Cellula Mater brasileira dar sua contribuição para uma das datas mais significativas para o povo brasileiro - a Declaração de Independência do Brasil de Portugal, no dia 7 de setembro de 1822. Na sequência da programação, serão realizados o Desfile Cívico na Área Continental, nesta quarta-feira (5), a partir das 9 horas, na Avenida Ulisses Guimarães - Jardim Rio Branco, e o Desfile Cívico na Área Insular, nesta quinta-feira (6), a partir das 9 horas, na Avenida Antônio Rodrigues - Gonzaguinha.

“São Vicente abre a programação da Semana da Independência enviando a todos os brasileiros uma mensagem de paz e de amor à Pátria. O compromisso que nossa Cidade tem é o de marcar esta data cívica de forma intensa e com a participação de toda a sociedade vicentina”, comentou o prefeito Pedro Gouvêa, antes da cerimônia de Hasteamento da Bandeira.

Em seguida, em seu discurso, o prefeito lembrou do incêndio que destruiu grande parte do acervo do Museu Nacional, no Rio de Janeiro. “Neste domingo, o Brasil ficou triste com o incêndio no Museu Nacional. Perdemos um patrimônio de grande valor. Uma riqueza inestimável. Mas, o fogo jamais destruirá um valor ainda maior, que é o amor que trazemos no coração pelo nosso País”, disse.

Autoridades – O deputado estadual Caio França destacou o momento da cidadania. “Este é um momento que temos de valorizar e incentivar sempre entre nossos jovens. É o momento que fortalece a cidadania e o amor à Pátria”, frisou.

O presidente da Câmara Municipal de São Vicente, vereador Wilson Cardoso, por sua vez, enalteceu o sentimento de civismo. “Temos sempre de fomentar o sentimento de civismo, principalmente para que possamos fortalecer nossa luta na construção de um Brasil melhor. São Vicente, como berço da Democracia Nacional, dá o pontapé para que este sentimento seja sempre mantido. E a Câmara Municipal tem de estar presente nestes momentos, até mesmo por sua história e pelo fato de ser a primeira Câmara das Américas”, destacou Cardoso.

Já a secretária de Educação de São Vicente, Eugênia Marcondes, enalteceu o patriotismo brasileiro. “Este é um importante momento para fortalecermos o patriotismo e o civismo. Neste evento, assim como em outros, estamos plantando sementes para o futuro”, ensinou.

Incentivo – Para o subcomandante do 2º Batalhão de Infantaria Leve (2º BIL), tenente-coronel Fukumoto, o incentivo aos jovens é fundamental. “Temos de incentivar não apenas as palavras, mas também as ações positivas pelo nosso País”, defendeu.

Por sua vez, o comandante do 39º Batalhão da Polícia Militar do Interior – São Vicente, major Guimarães, falou sobre a importância histórica da Cidade. “Sempre estaremos atuando para manter viva a importância da história de São Vicente, que é uma parte fundamental da história do nosso País”, disse.

Aula – Contando com a presença de secretários municipais, autoridades civis e militares, alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental MatteoBei e da Escola Técnica Dra. Ruth Cardoso, jovens do Camp Rio Branco e de escoteiros do Ar de São Vicente, a cerimônia foi abrilhantada pela Banda da Polícia Militar (CPI-6), sob a regência do subtenente Dimas.

Para a declaração de Abertura da Semana da Independência, o orador Dr. Eduardo Palmieri, representando o Clube 21 Irmãos Amigos, revisitou a história brasileira, principalmente nos momentos que marcaram a Proclamação da Independência. Na oratória, Palmieri deu uma aula de história, sendo aplaudido ao final. “Continuaremos mantendo o orgulho pelo civismo e pelo patriotismo”, destacou o orador.