São Vicente se prepara para a Black Friday

A projeção para este ano é que a Cidade tenha um aumento de 25,6% nas vendas em relação ao resto do ano

Comentar
Compartilhar
25 NOV 2020Por Da Reportagem08h00
Com a chegada da Black Friday, as lojas do Centro da cidade estão se preparando para as vendasFoto: Nair Bueno/Diário do Litoral

Com a chegada da Black Friday, comemorada oficialmente na última sexta-feira do mês de novembro, as lojas do Centro de São Vicente estão a todo vapor se preparando para as compras. A projeção para este ano é que a Cidade tenha um aumento de 25,6% nas vendas em relação ao resto do ano.

De acordo com a Associação Comercial de São Vicente (ACSV), os empresários já começaram a preparar o estoque, comprando produtos com quantidade específica a fim de repassar o valor promocional aos compradores. Além disso, como uma forma de oferecer outra opção para os clientes, este ano os comerciantes estão apostando nas vendas on-line, e já alegam haver um aumento na lucratividade e grande crescimento nas redes sociais. Sorteios e brindes também contribuem para atrair a clientela.

"As vendas de Black Friday do ano passado foram ótimas e este ano não será diferente. Os comerciantes já preparam os estoques e começam a investir nas vendas físicas e on-line, a qual tem sido opção recorrente do público como prevenção à pandemia" afirma o presidente da ACSV, Alcides Antoneli.

A busca pelo melhor preço nem sempre é a melhor opção, e pode ter um custo alto para muitas pessoas. Por isso é importante estar atento às regularidades dos produtos no momento da compra.

Segundo a fiscal do Procon de São Vicente, Juliana Melo, é importante ter uma ideia prévia de quanto aquele produto custa. Por isso o ideal é estar atento e pesquisar, a fim de se evitar uma falsa promoção e encontrar a melhor alternativa no momento da compra. "Às vezes, existe aquela empresa que aumenta o preço uma semana antes só para depois colocar o preço real, isso não é uma promoção".