São Vicente

São Vicente lança projeto para seus 500 anos de olho no futuro

A iniciativa foi apresentada nesta sexta-feira (8) a empresários e apoiadores do setor público e privado

Jeferson Marques

Publicado em 08/04/2022 às 18:51

Atualizado em 09/04/2022 às 09:55

Compartilhe:

O diálogo trouxe ideias de ações que envolvem setores como a indústria, turismo, logística, entre outros / Nair Bueno/ DL

"A primeira cidade do Brasil a completar 500 anos". Essa foi a frase do prefeito Kayo Amado no lançamento do projeto "São Vicente 500 anos", apresentado nessa sexta-feira (08) a empresários e apoiadores do setor público e privado, no salão de um hotel no Centro da cidade.

O encontro foi marcado pela presença, além de empresários e entidades, do Movimento Brasil Competitivo, uma organização apartidária que visa aproximar os setores público e privado investindo em cultura de governança, e da Macroplan, empresa de consultoria com foco na construção de cenários de mercado para um futuro mais promissor e que agregue valores e bons serviços.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O diálogo trouxe ideias de ações que envolvem setores como a indústria, turismo, logística, construção civil, tecnologia, serviços e outros segmentos para que, a médio e longo prazo, São Vicente se torne uma cidade mais justa, com a geração de empregos vindos de novas empresa, o fortalecimento do comércio local e, ainda, melhores atendimentos nos serviços públicos, fazendo, assim, com que cada morador se sinta feliz em residir na cidade.

A secretária da Secretaria de Planejamento e Governança (Seplag), Talita Correa, ressaltou que a iniciativa é inédita no Município. “Planejar o desenvolvimento de São Vicente é também pensar no desenvolvimento da Baixada Santista. Esse processo, construído para médio e longo prazo, para que possa se tornar mais efetivo exige esforços em conjunto com outros segmentos interessados no desenvolvimento da região.”

Em conversa com o Diário durante o evento, o prefeito Kayo Amado se mostrou muito esperançoso com o projeto, acreditando que é possível fazer de São Vicente um exemplo de desenvolvimento e cooperação dos setores públicos e privados. "Precisamos olhar a cidade além dos problemas do dia-a-dia. Em 10 anos podemos se tornar uma grande potência econômica se fizermos hoje a lição de casa. Contratar um planejamento estratégico foi o que grandes cidades já fizeram, como Belo Horizonte, que viveram, após isso, um 'boom' de desenvolvimento", explica. 

Amado, agora, busca empresários e empresas que queiram patrocinador esse planejamento estratégico dos 500 anos de São Vicente. "Muitos dos nossos problemas estruturais não foram pensados nos últimos 10 anos, e é isso que quero mudar. Daqui a 10 anos eu nem serei mais prefeito aqui, mas o meu diferencial é pensar primeiro na cidade, que eu amo, e não em quantos anos vou ficar à frente da administração ou não. Eu acredito e confio que podemos entregar uma cidade mais justa, com boas escolas, bons hospitais, boas opções de lazer e cultura e assim por diante", finaliza.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Variedades

'Duna: A Profecia', prelúdio do aclamado longa, ganha novo teaser trailer

Produção é assinada pela Legendary Television

Santos

Cidade do litoral de SP recebe evento sobre Cannabis Medicinal; veja a programação

Discussão ao longo dos anos vem ganhando corpo e a importação foi autorizada no Brasil há mais de 8 anos pela Anvisa

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter