X
São Vicente

Hospital do Vicentino é inaugurado e CREI será demolido

Prefeito Kayo Amado, ao lado de autoridades e políticos, entregou a 1ª fase da obra, que já recebeu pacientes vindos do CREI

O prefeito Kayo Amado na entrega do Hospital do Vicentino / Nair Bueno/ DL

São Vicente agora conta com um novo complexo de saúde. Trata-se do Hospital do Vicentino, situado na Avenida Minas Gerais, 19, na Vila São Jorge. A 1ª fase da obra foi entregue nesta sexta-feira, 10, pelo prefeito Kayo Amado, em um evento que contou com outros políticos da cidade, autoridades, imprensa e, ainda, com novos pacientes que chegaram transferidos do CREI, que, em breve, será demolido e reconstruído com outra finalidade para a saúde da cidade.

O novo Hospital Vicentino contará com quase 7 mil metros quadrados (quando concluída a 2ª fase da obra). Na 1ª fase, inaugurada hoje, foi entregue todo o andar térreo da unidade, que conta com 67 leitos para internação, camas motorizadas, mobiliário moderno, ambientes climatizados, acomodações para acompanhantes e sistema de monitoramento com câmeras em todo o prédio.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Na 2ª fase (prevista para ser entregue no final do ano) será inaugurado o prédio anexo ao térreo, completando, assim, 100% da obra, que receberá, gradativamente, pacientes internados das alas pediátrica, clínica médica masculina e feminina, clínica cirúrgica e UTI do CREI.

Além dos serviços oferecidos, o hospital terá enfermarias, centro cirúrgico, UTI, pediatria, exames diagnósticos (endoscopia, tomografia, Raio-X, ultrassonografia, laboratório e ecocardiograma), agência transfusional, Central de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), imobilização ortopédica, núcleos de regulação, vigilância sanitária, educação permanente, pré-anestésico, serviço social, vacina e administração hospitalar.

Mais de 200 profissionais vão atuar no complexo, entre médicos, enfermeiros e auxiliares de limpeza e manutenção.

Os pacientes atendidos no novo Hospital Vicentino terão seu primeiro prontuário médico 100% eletrônico e integrado com as demais unidades de saúde de São Vicente.

"Esse é o primeiro hospital de referência, de verdade, da nossa cidade, e estamos muito orgulhosos. Aproveito para parabenizar toda a equipe de saúde do município. A persistência, a resiliência e os esforços não foram medidos para que tirássemos esse projeto do papel. O novo Hospital Vicentino está lindo, moderno e com todos os recursos para receber nossos pacientes", comenta Michelle Santos, secretária de Saúde da cidade.

Presente no evento, a deputada federal e presidente nacional do Podemos, Renata Abreu, falou com o Diário e enalteceu a forma séria e responsável com a qual Kayo Amado tem administrado São Vicente.

"Ele sabe o que está fazendo e, mesmo com todas as dificuldades de uma cidade cheia de dívidas, está conseguindo trabalhar, passo a passo, dentro das reais necessidades da sua gente. O Kayo tem trazido a esperança de dias melhores aos vicentinos. É iluminação nova, sistema de segurança moderno e inédito na cidade, avanços na educação, agora o hospital e assim por diante. Estou muito satisfeita de estar aqui e ver tudo isso", finaliza.

KAYO AMADO.

Emocionado, o prefeito Kayo Amado fez questão de mostrar cada cantinho do novo complexo e também do anexo.

"Os problemas de São Vicente não se resolvem com um estalar de dedos. Quando assumimos, a cidade não tinha matérias básicos de saúde para virar o ano. Esse passado sombrio faz parte do nosso presente, por isso cito ele sempre. Esse passado nos gerou uma dívida mensal de R$ 6 milhões, levando o dinheiro da cidade e fazendo com que a população sofra. Mas estamos trabalhando todos os dias para reverter esse cenário. Hoje, esse equipamento que viemos entregar, prova que estamos no caminho certo", explica Amado.

O prefeito ainda comentou sobre pessoas que estiveram em administrações anteriores da cidade e que hoje fazem vídeos mostrando, por exemplo, a situação do CREI.

"São urubus querendo fazer política. O CREI estava com um telhado remendado há 10 anos. Estrutura física medíocre há anos. Um ambiente que prejudica até mesmo a saúde mental dos nossos funcionários. Aí todo mundo vem filmar isso, como se tudo tivesse começado na minha gestão; como se nós não fizéssemos nada. Mas batemos no peito e fazemos as coisas acontecer. Nós trabalhamos. Minha equipe inteira trabalha. O que estamos entregando aqui não é um remendo, mas sim o primeiro hospital de verdade de São Vicente", desabafa.

"As críticas sempre vão existir, mas nosso processo de gestão vai colocar, aos poucos, a cidade em dia. Recebo uma cidade desse tamanho com apenas seis leitos de UTI; com apenas 50 leitos de enfermaria. Até o final do ano vamos entregar 18 leitos de UTI (três vezes mais) e mais de 100 leitos de enfermaria. Isso é para mostrar aos que dizem que nada acontece em São Vicente, ou que estamos andando para trás, que enquanto eles falam bobagens a gente arregaça as mangas. Olhem o que estamos entregando ao povo, que é o que mais precisa. Olhem para esse prédio", finaliza o prefeito.

Vale lembrar que o Hospital do Vicentino está equipado e preparado para encaminhar pacientes vindos das unidades de Pronto Atendimento Parque das Bandeiras e Humaitá, além do CREI.

CREI.

Aos poucos, o Centro de Referência em Emergência e Internação (CREI) será desativado e, na sequencia, demolido, para dar lugar a um novo Pronto-Socorro Central de São Vicente, que será construído no mesmo lugar com verbas do Governo do Estado.

Todos os pacientes internados serão transferidos para o novo Hospital do Vicentino. O Pronto-Socorro que funciona no CREI, assim, será transferido para outro lugar de forma temporária, até que o novo PS esteja finalizado. Todas essas mudanças fazem parte do Programa Nova Saúde São Vicente.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Política

Bolsonaro nega almoço com Guilherme de Pádua e pede respeito a Gloria Perez

Ele afirmou haver uma "exploração leviana" da morte da filha de Gloria Perez no caso

Política

STF terceiriza para TSE manifestações sobre atos pró-democracia

O ministro Alexandre de Moraes, que tomará posse como presidente do TSE na próxima terça-feira (16), também divulgou em suas redes sociais uma breve manifestação sobre o tema

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software