Obra dos canais será retomada em São Vicente

Drenagem da bacia do Catiapoã foi paralisada em 2014; serviço visa minimizar os alagamentos na região dos canais das avenidas Alcides de Araújo e Lourival Moreira do Amaral

Comentar
Compartilhar
10 ABR 2017Por Diário do Litoral11h00
Obras nos canais da bacia do Catiapoã tiveram início em 2010, mas foram paralisadas por problemas contratuaisFoto: Matheus Tagé/DL

Interrompidas há três anos, as obras de drenagem da bacia do Catiapoã, em São Vicente, serão retomadas. A expectativa da Administração Municipal é de que a licitação para os serviços seja lançada nos próximos dias. O projeto teve início em 2010, mas, no final de 2013, devido a problemas contratuais com a empresa responsável pelos trabalhos, foi interrompido. O empreendimento, orçado em mais de R$ 10 milhões, visa conter os alagamentos na região dos canais das avenidas Alcides de Araújo e Lourival Moreira do Amaral. 

“Fizemos a recuperação desse convênio e vamos colocar o processo licitatório na rua nos próximos dias. Diante disso será possível retomar as obras da bacia e também das comportas”, disse o prefeito Pedro Gouvêa (PMDB) durante anúncio de retirada do nome de São Vicente do Cadastro de Inadimplentes (Cadin) do Governo do Estado. 

Segundo a Prefeitura, a obra da bacia do Catiapoã foi reprogramada pela Caixa Federal. O contrato obteve redução de metas e ajustes dos insumos de obra. O empreendimento contempla os canais das avenidas Alcides de Araújo, no Catiapoã, e Lourival Moreira do Amaral, no Sá Catarina de Moraes, e prevê, além da drenagem, a recuperação, correção de leito e urbanização do entorno, e a construção de ponte para veículos. 

O processo administrativo para a licitação da obra foi encaminhado pela Secretaria de Projetos Especiais (Sepes) à Secretaria de Governo (Segov), no último dia 30 de março. Os serviços têm previsão de 14 meses a partir da assinatura da Ordem de Serviço. 

Ponte Nova

Outro convênio recuperado pela Prefeitura de São Vicente foi o destinado à pavimentação de ruas do bairro Ponte Nova, na Área Continental da cidade. A preparação do asfalto para a obra já teve início. 

“Era um convênio que já estava quase perdido. Com a recuperação dele, vamos conseguir fazer toda a malha viária da Ponte Nova. Voltaremos também com a pavimentação de outros trechos da Área Continental. Isso tudo é fruto de um trabalho feito dentro desses 90 dias por essa equipe que eu só tenho a elogiar. Um trabalho feito por todos os secretários e seus colaboradores. Todos se empenharam”, ressaltou o prefeito.