FEMINICIDIO

Lojas de rua serão a escolha dos consumidores para o Dia dos Namorados em São Vicente

Informações foram extraídas de uma pesquisa realizada pela Associação Comercial de São Vicente (ACIESV).

Comentar
Compartilhar
08 JUN 2019Por Da Reportagem14h01
Segundo pesquisa realizada pela Associação Comercial, 63% dos entrevistados pretendem comprar nas lojas de rua.Foto: RODRIGO MONTALDI/ARQUIVO/DIÁRIO DO LITORAL

Entre as datas mais importantes do comércio varejista (atrás apenas do Natal e Dia das Mães), o Dia dos Namorados, comemorado no dia 12 de junho (quarta-feira), promete movimentar o comércio de rua de São Vicente.

Segundo pesquisa realizada pela Associação Comercial de São Vicente (ACIESV), 63% dos entrevistados pretendem comprar nas lojas de rua/ bairro e, também, 63% acreditam que o bom atendimento do estabelecimento será determinante para garantir o presente.

Já quando perguntado aos entrevistados sobre quais pessoas pretendem presentear, houve praticamente um empate: as esposas com 27% e a opção amigos (as) com 26%, talvez, provocado pelos novos tipos de relacionamentos, denominados "crush", por relacionamentos iniciados via aplicativos.

Segundo os entrevistados, as principais opções de presentes são: calçados (26%), vestuários (25%), perfumes/cosméticos (20%), cesta de café da manhã/flores (9%). Opções que está predominantemente entre os gostos femininos.

Entre os principais fatores que influenciam a definição da compra do presente, de acordo com os entrevistados, são: o desejo da pessoa em ser presenteada (60%), descontos e promoções do produto (25%) e a qualidade do produto, em terceiro lugar (15%).

A maioria das aquisições deverá ser de até R$ 150,00, de acordo com 81% dos entrevistados. Os gastos médios também são influenciados pelo estado civil do entrevistado. Os que declararam ser casados apresentam maior disposição em gastar do que os solteiros.

Para fugir do endividamento, a maioria dos entrevistados (60%) pretende pagar as compras à vista, compras com cartão de crédito serão 30% e cartão da loja (9%).

"A pesquisa mostra o retrato do consumidor vicentino, por isso, batemos muito na tecla que o comerciante precisa preparar seu estabelecimento para essas datas e, também, treinar a sua equipe de vendas. Só assim será possível conquistar os clientes que estão cada vez mais exigentes", comentou a presidente da ACIESV, Regina do Carmo.

Colunas

Contraponto