São Vicente

Kayo Amado cobra Estado sobre reforma da Ponte Pênsil

Nesta quarta-feira (17), DER receberá propostas de licitação que prevê manutenção do equipamento

Caroline Souza

Publicado em 15/08/2022 às 20:30

Atualizado em 15/08/2022 às 20:54

Comentar:

Compartilhe:

Apesar de estar localizada no município de São Vicente, a Prefeitura não tem o poder de fazer melhorias na Ponte Pênsil / Nair Bueno / Diário do Litoral

Em live publicada na tarde desta segunda-feira, o prefeito de São Vicente, Kayo Amado, prestou esclarecimentos sobre a situação da Ponte Pênsil. O equipamento virou notícia neste final de semana, quando um motociclista caiu após ficar com a moto presa entre as tábuas do equipamento, na manhã de domingo (14).

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Apesar de estar localizada no município de São Vicente, a Prefeitura não tem o poder de fazer melhorias na ponte, sendo essa uma responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo (DER/SP). "Temos a capacidade e responsabilidade de fiscalizar e cobrar o Estado", ressaltou o prefeito na live.

Amado esclareceu que, desde o início de seu mandato, já realizou inúmeras cobranças a respeito dessa manutenção. "Fui fazendo uma série de requisições e a ponte foi ficando cada vez pior". Em outubro do ano passado, o prefeito levou o problema diretamente para o Rodrigo Garcia, então vice-governador, explicando que além das manutenções, o equipamento precisava de uma reforma. 

Segundo Kayo Amado, desde então, começou a tramitar o processo de contratação de uma empresa que fizesse essas melhorias. Em março, o DER publicou uma licitação, que foi declarada deserta, pois nenhuma empresa manifestou interesse pelo projeto.

Uma nova licitação está aberta e as propostas serão recebidas em sessão pública que será realizada na tarde desta quarta-feira (17). O valor estimado para a execução da obra é de R$ 5.259.311,38 e o prazo de execução dos serviços é de oito meses. 

O edital tem por objeto a Contratação das obras e serviços de substituição do tabuleiro carroçável da Ponte Pênsil e seus gradis metálicos e manutenção corretiva em elementos metálicos (estrutura e cabos de sustentação), sobre o Mar Pequeno.

O prefeito de São Vicente esclareceu, ainda, que está cobrando iniciativas imediatas para evitar mais acidentes. "Liguei para o governador e disse que não dá mais para esperar pela empresa (que vencerá o edital). Ele se comprometeu a trazer uma empresa para fazer uma manutenção paliativa até que se faça toda a contratação. Um veículo do DER esteve no local hoje, fizeram vistoria e colocaram uma sinalização, além disso outra equipe virá fazer a manutenção paliativa". 

Na manhã deste domingo (14), um motociclista caiu após ficar com a moto presa entre as tábuas da Ponte PênsilNeste domingo (14), um motociclista caiu após ficar com a
moto presa entre as tábuas da ponte. Crédito: Reprodução

Última reforma total

Em 2014, quando a ponte completou 100 anos, foram realizadas obras de reforma que contaram com a supervisão do DER. O investimento nas intervenções foi de R$ 33,1 milhões, do Governo do Estado.

Na ocasião, a Ponte Pênsil teve seus 16 cabos de sustentação, que totalizam 256 metros de extensão, trocados. Para tanto, uma estrutura foi especialmente construída com o objetivo de manter os cabos provisórios até que o cabeamento definitivo, importado da Itália, fosse colocado.

Durante a reforma, também foram realizadas obras para reparos das torres e troca do antigo tabuleiro.

A restauração acabou levando 27 meses, em razão de imprevistos durante a reforma, como rachaduras descobertas nos blocos de sustentação dos cabos. Sendo assim, depois de fechada em 2013 para ser recuperada, a Ponte Pênsil só voltou a ser aberta em 2015.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Câmara

Em Brasília, deputados debatem pedágio free flow e mais agilidade nas rodovias

Recentemente, o Ministério dos Transportes colocou em consulta pública uma proposta para regulamentar o free flow em vias urbanas e rurais

Cultura

Praia Grande receberá três espetáculos gratuitos; veja quando

A Cia. Repentistas do Corpo se apresentará nos dias 19 e 20 de julho

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter