SABESP AGOSTO DESK TOPO
SABESP AGOSTO MOB

Com selo de segurança, Brisamar reabre e superintendente pede ‘consciência’ ao público

Administração do empreendimento buscou consultoria para treinar equipes e poderá limitar acesso ao público para evitar aglomeração

Comentar
Compartilhar
08 JUN 2020Por LG Rodrigues12h02
Neste primeiro momento, o cinema e a área infantil com playground permanecerão fechados sem previsão oficial de retornoFoto: Nair Bueno / Diário do Litoral

O Brisamar Shopping reabriu as portas nesta segunda-feira (8) após mais de dois meses fechado devido à pandemia do novo coronavírus. Portando o selo ‘Safeguard’, emitido por especialistas em saúde e segurança tomando como base medidas preventivas usadas em todo o mundo para combater o Covid-19, a administração do empreendimento espera uma retomada segura e só faz um pedido à população: Consciência.

Tendo que se adequar a um mundo que ainda é atingido pela pandemia do novo coronavírus, a administração do Brisamar afirma que o momento segue sendo de aprendizado, mas garante que tem tomado todas as precauções possíveis para minimizar qualquer tipo de risco.

“Eu acho que todos nós estamos aprendendo com esse novo momento e além do aprendizado nós temos regras novas muito rígidas para cumprir. Normas da OMS, procedimentos indicados pela OMS. Até a própria Abrasce, Associação Brasileira de Shopping Centers, nos instrui há muito tempo e tem nos dado suporte desde o início da pandemia quanto aos procedimentos que precisamos adotar e a Prefeitura de São Vicente, ao publicar a lei para reabrir o comércio também colocou regras muito rígidas e nos adequamos a elas, treinamos nossos funcionários, orientamos os nossos lojistas e procuramos adotar todos os procedimentos que ela orientou”, afirma Mariane Docomski, que é superintendente geral do Brisamar e do Praiamar Shopping.

Para dar mais segurança aos clientes e até mesmo para buscar as melhores medidas possíveis ao readequar o Brisamar para estes novos tempos, a administração buscou ajuda de uma empresa de renome internacional dedicada a realizar serviços de avaliação e certificação nas áreas de segurança e saúde.

“Uma medida adicional foi que contratamos uma consultoria chamada de Bureau Veritas que também nos certifica que estamos agindo de acordo com as melhores práticas e nos deu o selo ‘Safeguard’, justamente mostrando que: o que é necessário, está sendo cumprido. É um momento de muita responsabilidade e estamos fazendo a nossa parte, esperando que o cliente e os lojistas façam as deles também porque se tudo isso for somado teremos uma volta sólida e segura”, explica.

O selo ‘Safeguard’ emitido pela Bureau Veritas não era algo necessário para que o Brisamar Shopping pudesse retomar suas atividades, mas foi buscado como uma opção pela própria administração do empreendimento para ter uma garantia extra.

 

“Eles têm um protocolo com uma série de medidas e o cliente tem que provar, garantir, que está dentro das normas e procedimentos exigidos pela equipe de consultoria. São medidas mundiais na prevenção, isso não vai significar que teremos um ambiente isento de qualquer tipo de vírus, mas atesta que eu tenho as práticas necessárias, então eles nos deram um checklist extenso e nós cumprimos. A partir do momento que avisamos que cumprimos as medidas eles fazem uma visita marcada e posteriormente outras visitas surpresas para se certificar que estamos seguindo os procedimentos. Se for atestado que está tudo de acordo, eles nos concedem este selo. No momento, o Brisamar é o único shopping da região que possui o ‘Safeguard’, o selo”, explica.

Algumas das medidas de segurança e saúde devem limitar o acesso das pessoas ao Brisamar. Caso as equipes constatem que o local já está muito cheio, as portas podem ser fechadas até que clientes que já estejam no interior do local deixem suas imediações. Só a partir deste momento, será permitida a entrada de mais pessoas.

Neste primeiro momento, o cinema e a área infantil com playground permanecerão fechados sem previsão oficial de retorno. Já a praça de alimentação estará aberta, mas o cliente não poderá consumir a refeição no local, uma vez que as cadeiras e mesas seguirão isoladas até que a Prefeitura de São Vicente dê início à fase 2 de flexibilização do isolamento social.

A superintendente geral afirma que o local permanecerá aberto de segunda-feira a domingo, sempre do meio-dia às 18h e faz um pedido à população.

“Saiam, venham ao shopping, mas com consciência, com responsabilidade. Para que a gente possa conseguir continuar usufruindo, fazendo o que estamos acostumados, é necessário que todos façamos nossa parte, o shopping, o lojista e o cliente”, conclui Mariane