Barreiros: deputada Rosana Valle pede isenção de pedágio

A deputada encaminhou ofício ao secretário de Logística e Transporte do Estado de São Paulo, João Octaviano Machado Neto, ao diretor geral da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) e ao próprio governador João Doria (PSDB).

Comentar
Compartilhar
30 NOV 2019Por Da Reportagem07h33
A Ponte dos Barreiros é a principal ligação entre as áreas Continental e Insular da Cidade de São Vicente .Foto: NAIR BUENO/DIÁRIO DO LITORAL

A deputada federal Rosana Valle (PSB) encaminhou ofício ao Governo do Estado solicitando a isenção de tarifa do pedágio que fica no quilômetro 280 da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, na altura do bairro de Humaitá, em São Vicente, por conta da interdição total do tráfego de veículos da Ponte dos Barreiros, determinada recentemente pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

A deputada encaminhou ofício ao secretário de Logística e Transporte do Estado de São Paulo, João Octaviano Machado Neto, ao diretor geral da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) e ao próprio governador João Doria (PSDB).

"Estou acompanhando com enorme preocupação os transtornos que essa situação já está causando aos moradores daquela localidade, que sofrerão muitos prejuízos logísticos com tal decisão. Diante dessa condição crítica, solicitamos a criação de uma logística que isente os moradores da área continental do pagamento do pedágio, que dá acesso à região onde vivem 150 mil pessoas", afirma Rosana, enfatizando que a isenção deve perdurar pelo tempo que a ponte estiver interditada.

A decisão foi decretada pelo juiz Fábio Francisco Taborda. Ela se deu a partir de laudo técnico apresentado pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), que apontou situação crítica da parte estrutural da ponte, com foco principalmente nas estacas e possibilidade de colapso total da estrutura.

A Prefeitura de São Vicente informou que o prazo determinado para interdição da estrutura começou a contar a partir das 14 horas de ontem. Vale ressaltar que, das 7 às 16 horas deste sábado, ela será interditada para a execução da Prova de Carga e Laudo Técnico, que estão sendo elaborados pela FSA Engenharia e Construções.

Após esse período, ela continuará fechada para o trânsito. Isso será mantido até que o laudo final seja entregue para o conhecimento do magistrado. A previsão é de que isso deva acontecer na próxima segunda-feira (2).

Durante a interdição, o itinerário dos ônibus municipais será o seguinte: os motoristas têm como opção Praia Grande ou Cubatão, utilizando a Rodovia Padre Manoel da Nóbrega. O transporte coletivo municipal seguirá por Praia Grande e não poderá embarcar ou desembarcar passageiros fora de São Vicente. Quanto ao transporte intermunicipal, a Setrans sugeriu Praia Grande como opção.