X

São Vicente

'Ainda vou fazer muito mais pela nossa cidade', afirma Prefeito Kayo Amado

No aniversário de 492 anos de São Vicente, o prefeito conversou com a Reportagem e falou dos desafios diários à frente do Executivo

Pedro Henrique Fonseca

Publicado em 22/01/2024 às 07:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Amado reitera que tem trabalhado todos os dias para melhorar todos os setores e índices do município / Divulgação/PMSV

No aniversário de 492 anos de São Vicente, o prefeito da cidade, Kayo Amado, conversou com a Reportagem e falou dos desafios diários à frente do Executivo. Entre conquistas e dificuldades, Amado reitera que tem trabalhado todos os dias para melhorar todos os setores e índices do município, mesmo diante de dívidas herdadas de outras gestões e de um orçamento extremamente baixo.

“Todos os esforços são entregues por mim e pela minha equipe. Dia e noite pensamos em São Vicente, uma cidade absolutamente endividada por gestões anteriores e que, até antes de nós assumirmos, não tinha esperança de melhora. Mas as coisas estão acontecendo. Não é fácil e aqui precisamos ser criativos em buscas alternativas. Não falta trabalho e ainda vou fazer muito mais pela nossa cidade”, promete.

Diferente.

As últimas gestões da cidade deixaram milhões em dívidas acumuladas e São Vicente sem credibilidade em outros órgãos para buscar ajuda financeira. Foi assim que Amado encontrou a cidade ao entrar em seu gabinete pela 1ª vez e ter acesso à toda transição e detalhes de contratos, situação de cada secretaria etc.

O que de diferente precisou ser feito, então, para alavancar uma situação que estava condenada ao fracasso?

“Buscar soluções. Bater na porta de deputados, senadores e de quem precisar. Fazer uma gestão pública transparente, responsável e com os pés no chão. Tudo isso foi nos dando créditos para chegar nessas alternativas e, de fato, o próprio Tribunal de Contas aprovou nossas contas, coisa que os dois últimos prefeitos daqui não conseguiram. São Vicente é tratada com a seriedade que ela merece e com a dignidade que tiraram da nossa gente, mas que estamos conseguindo devolver, aos poucos”, explica.

Foco nas crianças.

Amado enfatiza que a marca de seu governo é pensar nas crianças. Uniforme, escolas boas, lápis na mão e merenda de qualidade. Segundo o prefeito, toda e qualquer mudança que se pense a curto, médio e longo prazo na história de uma cidade passa pela educação.

“Dar dignidade para essas crianças é pensar lá na frente. Se quero deixar uma cidade cada vez melhor, preciso começar pela educação. É dar condições para professores e demais funcionários de entregarem sempre mais e fazer a diferença. É plantar a semente hoje e ir colhendo estes frutos. Temos um material humano fantástico aqui para darmos um salto na educação, e é o que buscamos. Me brilha os olhos ver as crianças uniformizadas e aprendendo dentro de um espaço acolhedor e com boa estrutura. Isso realmente me move e me motiva todas as manhãs”, revela.

Em quatro anos de Kayo Amado são inúmeras as obras entregues e outras em andamento. Todos os setores estão trabalhando como nunca antes, segundo análise da atual gestão. E motivados. A gana em fazer uma gestão séria e comprometida com os reais problemas de São Vicente parece ter contagiado (de forma positiva) secretários e demais agentes públicos.

“É um time que está olhando para a mesma direção. Nunca assinamos tantos convênios com os governos federal e municipal. São muitas articulações, boas relações com outros políticos e isso resulta neste grande canteiro de obras que qualquer um vê por aqui. A paz política na minha gestão é a grande diferença do que vinha ocorrendo antes, atrelada à transparência e a critérios de usar o dinheiro público com sabedoria e sensatez. E, bato na mesma tecla: ver as crianças com uniforme escrito Prefeitura Municipal de São Vicente me enche de orgulho. Chorei quando entreguei, pois me emocionou ver crianças sem nem ter um chinelo para ir para a escola, agora tem um sapatinho. Isso mostra que estamos fazendo a coisa certa”.

Redes sociais.

Amado está praticamente todos os dias presente nas redes sociais. Recebendo críticas, elogios e respondendo às dúvidas dos vicentinos, o prefeito entende que é muito melhor ele ser assim do que comparado a gestores antigos, que se trancavam dentro do gabinete e ninguém os via nas ruas.

“Vou para a rua, olho nos olhos das pessoas, converso, ouço as críticas, recebo os elogios, anoto as sugestões e faço o que dá. Há quem reclame disso, mas eu nem esquento a cabeça, pois esses reclamões, talvez, preferissem os prefeitos anteriores, que só ficavam no gabinete. Minha gestão sempre foi pautada, repito, pela transparência e honestidade com as pessoas e moradores, e não vou mudar. Se não estou na rua e se não acompanho os apontamentos feitos é como se eu estivesse em uma bolha, e as coisas não funcionam assim. Aos que não gostam, me perdoem, mas não vou mudar, nesse sentido”, confessa.

492 anos.

Como mensagem pelos 492 anos da cidade, Amado revela que abriu mão de boa parte da sua juventude com foco em ser prefeito de São Vicente. Com apenas 32 anos, disse ter se tornado uma pessoa muito focada em sua formação, buscando uma gestão pública de qualidade.

“Sou uma pessoa feliz aqui. Sou desafiado todos os dias pelos nossos sonhos e o sonho das pessoas. E quero desejar um feliz aniversário à todos os moradores da nossa cidade. Estamos se esforçando muito para fazer as coisas acontecerem, e os resultados estão aparecendo. Talvez não com a mesma velocidade que muitos queriam, mas é preciso entender que as dificuldades são imensas. Se qualquer um olhar para trás e olhar a minha gestão verá que demos um salto muito grande. É claro que há muita coisa pela frente, muitas melhorias a se fazer, mas a esperança de que São Vicente pode e vai ser cada vez melhor deixou de ser um sonho para se tornar uma realidade. Dias melhores e muitas entregas estão por vir”, finaliza.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

RODOVIAS

Consórcio Litoral Paulista vence leilão de concessão do Lote Paulista

Evento aconteceu na manhã desta terça-feira (16)

Diário Mais

Saiba os melhores pontos para observação de Ovnis no litoral de SP

Os locais citados estão em Peruíbe

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter