Prejuízo

Vandalismo em playgrounds já gerou custo de mais de R$ 100 mil para Santos neste ano

Os dados foram apresentados após levantamento da Secretaria de Serviços Públicos (Seserp)

Da Reportagem

Publicado em 29/07/2022 às 12:56

Comentar:

Compartilhe:

Vandalismo em playgrounds já gerou custo de mais de R$ 100 mil para Santos neste ano / Foto: Prefeitura de Santos

Mais de R$ 100 mil reais já foram gastos pela Prefeitura de Santos, neste ano, na recuperação de brinquedos de 30 playgrounds, após atos de vandalismo. As ocorrências vão desde o furto de suporte de apoio das gangorras e das correntes dos balanços até mesmo da madeira da rampa dos escorregadores.

Os dados foram apresentados após levantamento da Secretaria de Serviços Públicos (Seserp), que apontou os playgrounds das praças Olímpio Lima, na Vila Belmiro, e Portinari, no Marapé, como os mais afetados, com a inutilização dos brinquedos após furtos.

OCORRÊNCIAS

No espaço localizado na confluência das ruas Torres Homem e General Jardim, no Embaré, o brinquedo denominado gira-gira já foi retirado três vezes neste ano para recuperação, após os assentos serem danificados, recebendo reforço extra nas peças de ferro para minimizar os estragos. No mesmo local, o escorregador também é alvo de depredações.

Novos balanços precisaram ser fabricados pela Seserp para os playgrounds instalados na faixa de areia e na praça da Rua Barão de Paranapiacaba, na Encruzilhada.

A utilização indevida dos brinquedos também representa prejuízo para os cofres públicos. Na Praça João Barbalho, por exemplo, as gangorras e os balanços, que são fabricados para suportar o peso de crianças,  acabam sendo danificados por adultos.

ENTREGA DA PRAÇA ADIADA
O secretário Wagner Ramos lembrou que foi necessário atrasar em 20 dias a entrega da revitalização do Espaço da Criança, na Praça Abílio Rodrigues Paz, conhecida como Praça da Santa, no conjunto BNH, na Aparecida, após atos de vandalismo. O concreto aplicado no local amanheceu com marcas de pés e de calçados, riscado e com a inscrição de vários nomes.

"Os serviços precisaram ser refeitos com material e mão de obra da Seserp, o que representou um custo adicional de aproximadamente R$ 15 mil", conta.

Agora, a revitalização do local, que ganhará piso de borracha para maior conforto e segurança das crianças, tem previsão de entrega para o próximo mês. 

DENUNCIE

Wagner Ramos pede que a população usuária da praça ou residente nas imediações colabore com a preservação dos brinquedos, assim como de outros espaços públicos, acionando imediatamente a Guarda Civil Municipal pelo telefone 153 ou a Polícia Militar, no 190, ao constatar a ação de vândalos.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Confira o resultado da Lotofácil no concurso 3153, nesta sexta (12)

O prêmio é de R$ 1.700.000,00

Cotidiano

Confira o resultado da Lotomania no concurso 2646, nesta sexta (12)

O prêmio é de R$ 6.500.000,00

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter