Entretenimento

Turnê 'O Pequeno Príncipe' inicia em Santos dia 5 de outubro

Diretor apresenta espetáculo na cidade do avô (Carlos Alberto Soffredini) no início deste mês; depois faz sessões em Jundiaí, São Bernardo e São José dos Campos; confira as datas

Da Reportagem

Publicado em 29/09/2022 às 14:33

Compartilhe:

Ian Soffredini apresenta a primeira criação de sua Cia. Teatro dos Sonhos / Will Siqueira

Neto do pesquisador e premiado autor e diretor santista Carlos Alberto Soffredini 1939 – 2001) - referência na dramaturgia brasileira, sobretudo por transpor histórias da cultura popular para o teatro, o jovem diretor Ian Soffredini apresenta a primeira criação de sua Cia. Teatro dos Sonhos. Depois de temporada de sucesso em São Paulo, no Teatro UOL, 'O PEQUENO PRÍNCIPE' segue para circulação pelo Estado, começando por Santos, cidade do avô do encenador  (dia 5 de outubro), e segue para Jundiaí (dia 10), São Bernardo do Campo (dia 20) e São José dos Campos (dia 26 de outubro).

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Adaptada e dirigida por Ian Soffredini, a peça O PEQUENO PRÍNCIPE é uma releitura da obra homônima escrita pelo aviador francês Antoine de Saint-Exupéry, publicada em 1943. O livro se tornou um clássico da literatura universal, traduzido em mais de 220 idiomas e dialetos. Ian Soffredini conta que ao adaptar a obra literária preservou ao máximo as imagens poéticas sugeridas pelo autor. “O livro começa contando a história do aviador e depois narra a do Pequeno Príncipe. Eu fui direto à história do Pequeno Príncipe, destacando a ação e o que acontece com ele”, explica o diretor. A adaptação mostra a viagem do personagem pelos planetas e suas experiências na Terra, destacando a sensibilidade e a visão poética sobre a vida e as relações, um dos pontos fortes da obra de Saint-Exupéry. A montagem leva o conteúdo da obra para um mundo de sonho e fantasia, por meio de uma estética visual rica, colorida, capaz de despertar a imaginação das crianças e emocionar aos adultos. Assim como a obra literária, a peça se comunica com o público de todas as idades.

O Pequeno Príncipe mora no asteroide B-612 com uma rosa, baobás e três vulcões. Um dia ele pega carona numa revoada de pássaros e vai em busca de novos mundos e pessoas. Depois de passar por diversos planetas e conhecer inusitados personagens, como o Rei, o Homem de Negócios e o Vaidoso, acaba caindo no planeta Terra, em pleno deserto do Saara. Na Terra conhece o narrador, que, coincidentemente, sofreu uma queda de avião no mesmo local.

SOBRE A EQUIPE CRIATIVA

Ian Soffredini - Adaptação e Direção
Ator, diretor, dramaturgo e produtor teatral, Ian Soffredini atua profissionalmente na área teatral desde 2006, participando em sua trajetória de mais de trinta produções teatrais. É diretor artístico do Teatro dos Arcos. Ian é credenciado pela City University London, pelos estudos concluídos na Academy of Creative Training, de Brighton, e na Arts Educational School London. Atuou nos espetáculos “A Minha Primeira Vez” e “Cinderela”,  com direção de Isser Korik; “A Bela Adormecida”, com direção de Paulo Henrique Jordão; “Cyrano de Bergerac”, com direção de João Fonseca; “Further then the furtherest thing&& ; ;rdq uo; e “Gut girls”, interpretados em Londres; “Pequena reflexão cômica” – com texto, direção e atuação próprias; “Minha Nossa!”, de Carlos Alberto Soffredini; “Nunca Se Sábado”, de Mário Viana, Fábio Torres, Luiz Henrique Romagnolli, Laert Sarrumor e Isser Korik; e “Revistando 2006”, de Mário Viana e Fábio Torres. Em parceria com o Grupo XPTO, adaptou e interpretou “Romeu e Julieta”, apresentado no Festival Internacional de Teatro de Objetos, promovido pelo SESI.  Mais recentemente idealizou e foi o curador dos projetos Berçário Teatral e Mostra Espontânea, realizados no Teatro dos Arcos.

Sidnei Caria  - Direção de Arte.
Cursou Artes Cênicas pelo Conservatório Carlos Gomes de Campinas entre 1983 e 1985. Em São Paulo, conheceu o grupo XPTO do diretor Osvaldo Gabrieli, onde participou do desenvolvimento da linguagem do grupo como assistente técnico e ator entre 1986 e 2002. Neste período o grupo criou espetáculos reconhecidos pelo público e pela crítica: “Coquetel Clown”, “Babel Bum”, “O Pequeno Mago” “Buster, o enigma do Minotauro”, ganhando mais de 30 dos mais importantes prêmios do Teatro Brasileiro e participando de diversos festivais no Brasil e em vários países da América Latina e da Europa.

Em 1993 montou a Cia Teatro de Papel, em parceria com Anie Welter e Sergio Serrano, onde desenvolveu a linguagem própria de cenografia e figurinos, utilizando materiais recicláveis. Este trabalho lhe rendeu os prêmios APCA, Mambembe, Coca-Cola Panamco de melhor figurino, cenário e pesquisa de linguagem além de outras indicações. Coordena o grupo Maracujá Laboratório de Artes desde 2005, realizando trabalhos na área de criação e confecção de adereços, bonecos, figurinos e cenários. O Grupo Maracujá tem em seu repertório os espetáculos “As Aventuras de Bambolina” (que lhe rendeu o Prêmio APCA de melhor ator e o Prêmio Coca-Cola Femsa de Direção, em pareceria com Beto Andretta), “Rabisco - um cachorro perfeito” (prêmio Coca Cola Femsa de Melhor Texto Adaptado), “O Buraco do Muro”, “Nerina, a ovelha Negra”, que ganhou o prêmio Aplauso Brasil de Melhor Espetáculo Infantil de 2017, entre outros.

Preparação de atores e Manipulação de Bonecos – Wanderley Piras
Ator e bonequeiro, diretor e arte-educador, especializado em cultura popular e manipulação de bonecos e objetos. Fundador e diretor artístico da Cia. da Tribo desde 1996, também trabalha com o grupo Pia Fraus como ator e diretor desde 2002. Dentre outros ganhou prêmios de Melhor Ator Infantil e Melhor Diretor Infantil. Também é diretor do projeto BuZum!

Ficha técnica
Dramaturgia e Direção: Ian Soffredini. Baseado no livro de Antonie de Saint-Exupéry. Elenco:Patrick Aguiar, Alana Bortolini, Amanda Zucchi, Danilo Martucci, Thiago. Toledo, Ana Cecília Moretto, Camila Fávero. Direção de Arte: Sidnei Caria. Cenografia, Figurino, Bonecos e Máscaras: Sidnei Caria, Silas Caria e Teté Ribeiro. Costureira: Cidinha André. Direção de Bonecos: Wanderley Piras. Música Original: Ricardo Severo. Fotografia, Direção de Fotografia: Will Siqueira. Desenho de Luz: Diego Rocha. Produção Executiva e Administração: Will Siqueira. Assessoria de Imprensa: Claudio Marinho. Coordenação de Marketing: Emanoela Abrantes. Criação: Marjorie Costa. Mídias Sociais: Renata Castanho. Equipe técnica: Diego Rocha e Vinicius Souza. Realização: Jornaleiro Participações e Serviços Teatrais.

O Pequeno Príncipe - Duração: 50 minutos. Classificação indicativa: 03 anos.

Datas da circulação:

Dia 5 de outubro – SANTOS
SESSÃO - 10h. Inteira A R$ 30,00. Meia a R$ 15,00. Teatro Municipal Braz Cubas. Centro Cultural Patricia Galvão – Av. Senador Pinheiro Machado, 48 - Vila Matias, Santos - SP, 11075-907.

https://www.sympla.com.br/espetaculo-o-pequeno-principe__1736192

Dia 10 de outubro – JUNDIAÍ 
1ª SESSÃO - 13h30. 2ª SESSÃO -  15h30. Entrada franca. Sala Jundiaí. Av. União dos Ferroviários, 1760 - Centro, Jundiaí - SP, 13201-160 (Ao lado do Poupa Tempo)

Dia 20 de outubro – SÃO BERNARDO DO CAMPO
1ª SESSÃO - 10h e 2ª SESSÃO - 14h30. Inteira a R$ 60,00. Meia a R$ 30,00. Antecipado a R$50,00 / R$ 25,00. Teatro Lauro Gomes.  Rua Helena Jacquey, 171 - Rudge Ramos, São Bernardo do Campo.

Dia 26 de outubro – SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 
SESSÃO - 11h. Inteira a R$30,00. Meia a R$ 15,00. Teatro Colinas - Av. São João, 2200 - Jardim das Colinas, São José dos Campos – SP.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Com salários de até R$ 32 mil e vagas no Litoral, concursos públicos abrem inscrições

Os principais concursos públicos e processos seletivos abriram vagas de emprego que abrangem todos os níveis de escolaridade

Cotidiano

Padaria inova com pão de maçã e conquista o público no Litoral de SP

Estabelecimento oferece, há 37 anos, pães diferenciados, bolos, doces e uma gastronomia afetiva aos clientes

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter