‘Tu’ reconhece esses santistas?

‘O Santista’ mergulha na história de ilustres personagens dessa terra que foram homenageados em monumentos espalhados por diversos espaços públicos do município

Comentar
Compartilhar
18 JAN 2018Por Rafaella Martinez20h15
Estátua de Brás Cubas, na Praça da RepúblicaFoto: Rodrigo Montaldi/DL

Eles estão espalhados por diversas áreas da cidade: praias, praças e jardins. Contribuíram, cada um a seu modo, para a construção da Santos que todos conhecem hoje, mas por muitas vezes são ignorados.

‘O Santista’ mergulha na história de ilustres personagens dessa terra que foram homenageados em monumentos espalhados por diversos espaços públicos do município.

No total, são 44 estátuas, além de outras personalidades lembradas em bustos e obras localizadas tanto no interior de prédios, como na própria prefeitura.

Mas, será que ‘tu’ reconhece esses santistas?

Martins Fontes
Quem foi: médico e Poeta
Onde fica: Canal 2
No jardim da praia do Canal 2 está o busto de José Martins Fontes, médico, poeta e tradutor brasileiro considerado o melhor poeta de sua geração e um dos dez melhores na língua portuguesa. Sua obra literária é bastante volumosa, chegando atualmente a cinquenta e nove títulos publicados, em poesia e prosa.

Vicente de Carvalho
Quem foi: poeta
Onde fica: Praia do Boqueirão
Quem passa pela orla da praia ‘esbarra’ em diversas personalidades ilustres de Santos. Instalado na Praia do Boqueirão, a obra em homenagem ao abolicionista, republicano, jornalista, dramaturgo, deputado, constituinte, jurista e ministro Vicente de Carvalho foi esculpida pelo artista veronense Caetano Fraccaroli, vencedor de concurso público aberto em 1946.
Vicente Augusto de Carvalho nasceu em abril de 1866 e revelou desde cedo sua marcante inclinação literária, sem deixar de exercer muitas outras atividades como escrever para teatro, ditar medidas sobre a economia cafeeira e ser Ministro do Tribunal de Justiça. Não há nenhuma versão oficial para o fato do “Poeta do Mar” está de costas para a praia e defronte a avenida que leva seu nome, mas o fato é motivo de piadas por parte de muitos munícipes e turistas.

Joaquim Xavier da Silveira
Quem foi: poeta e líder abolicionista
Onde fica: Praça Nenê Ferreira
Filho do capitão de milícias Francisco Xavier da Silveira, a estátua em homenagem ao poeta, jornalista, advogado e líder abolicionista brasileiro foi inaugurada em 1914. Realizou várias obras como poeta, apesar de não ter editado nenhum livro enquanto vivo. Seu livro mais conhecido, Poesias, foi publicado somente em 1902 pelas mãos de seu filho, Joaquim Xavier da Silveira Júnior, advogado e discípulo das ideias do pai. Além deste livro, dentre suas obras, destaca-se Porque Amo a Noite, Só e História de Um Escravo. Hoje, Xavier da Silveira é nome de ruas, entre elas uma no centro da cidade.

Brás Cubas
Quem foi: explorador
Onde fica: Praça da República
Embora tenha nascido em Portugal, a imponente estátua de Brás Cubas instalada na Praça Barão de Rio Branco, no Centro de Santos, homenageia o homem que elevou a cidade à condição de Vila.
Em 1536, Brás Cubas recebeu a mais vasta sesmaria do litoral da Capitania de São Vicente e em 1543 instalou às margens da baía a Casa de Misericórdia de Todos os Santos para abrigar doentes dos navios que chegavam da metrópole. O povoado, com nome simplificado de Santos foi elevado à categoria de vila em 1546.

Bartolomeu de Gusmão
Quem foi: padre
Onde fica: Praça Rui Barbosa – Centro
Conhecido também como ‘padre voador’, Bartolomeu de Gusmão foi um sacerdote e inventor santista. Entre suas experiências estava o primeiro balão construído no mundo. Na sala dos diplomatas, no Palácio Real, sua invenção foi apresentada ao Rei de Portugal, D. João V, a fidalgos e funcionários da corte, dizendo ser capaz de guiá-lo e transportar pessoas, munições e víveres.
Bartolomeu de Gusmão era filho do cirurgião-mor Francisco Lourenço Rodrigues e irmão do famoso estadista e diplomata Alexandre de Gusmão.

Saturnino de Brito
Quem foi: engenheiro sanitarista
Onde fica: Praia do José Menino
Outro personagem que também não é filho de nascimento desta terra, mas que teve papel fundamental para a cidade é o engenheiro sanitarista Saturnino de Brito, que realizou alguns dos mais importantes estudos de saneamento básico e urbanismo em várias cidades do país e é o idealizador dos famosos canais. Além de promover um controle sanitário rigoroso, mandou fazer um cadastro de todas as instalações domiciliares santistas e obteve da Câmara Municipal o compromisso de não conceder nenhuma licença para a construção de edifícios sem que as plantas estivessem aprovadas pela Comissão de Saneamento.  Saturnino desenhou uma nova cidade a partir da Vila Mathias, oferecendo uma nova proposta urbanística a partir dos canais de drenagem.

Cândido Gaffrée e Eduardo Guinle
Dirigentes da Companhia Docas de Santos que concretizaram o projeto de construir o Porto de Santos
Onde fica: Praça Barão do Rio Branco
Em 12 de julho de 1888, pelo Decreto nº 9.979, após concorrência pública, um grupo liderado por Cândido Gaffrée e Eduardo Guinle foi autorizado a construir e explorar, por 39 anos, depois ampliado para 90 anos, o Porto de Santos, com base em projeto do engenheiro Sabóia e Silva.
o objetivo de construir o porto, os concessionários constituíram a empresa Gaffrée, Guinle & Cia., com sede no Rio de Janeiro, mais tarde transformada em Empresa de Melhoramentos do Porto de Santos e, em seguida, em Companhia Docas de Santos.

Outros personagens imortalizados em monumentos

José Feliciano Fernandes Pinheiro
Fábio Montenegro
Irmãos Andrada
Rui Barbosa
Getúlio Vargas
Júlio Conceição
Almirante Tamandaré
Padre Champagnat
João Otávio dos Santos
Padre Anchieta
Maria Coelho Lopes
Melvi Jones
Paulo Gasgon
Allan Kardec
Paulo Gonçalves
Ludwig Zanenhof
Almirante Barroso
Duque de Caxias
General San Martin
Samuel Augusto Leão de Moura
Santos Dumont
Zumbi dos Palmares
Cristóvão Colombo
Brigadeiro Tobias de Aguiar
Giusfredo Santini
Ariosto Guimarães
Visconde de Mauá
Lydia Federici
Maria José Aranha de Rezende
Cônego Lúcio Floro
Paulo Viriato Corrêa da Costa
Omar Gonçalves
Mário Covas
Madre Paulina
Major Quintino de Lacerda
Vereador Luiz La Scala
Paul Percy Harris
Mathias Casimiro Alberto da Costa