Tripulantes ucranianos são presos após tocarem os seios de mulher em Santos

O navio em que a dupla estava atracou no Porto de Santos. Vítimas informaram que foram abordadas e uma delas teve os seios tocados pelos estrangeiros.

Comentar
Compartilhar
16 DEZ 2018Por Da Reportagem16h07
Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Vicente.Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Vicente.Foto: Divulgação

Dois tripulantes ucranianos de um navio de cargas que atracou no Porto de Santos foram detidos por importunação sexual. Segundo o relato das vítimas os estrangeiros as abordaram na Praça Barão de Rio Branco, no Centro de Santos, assim que elas saiam do trabalho. E um deles chegou a tocar os seios de uma delas, além de praticarem atos libidinosos. 

O advogado dos homens disse que não foi respeitado o direito de defesa dos mesmos, já que nenhum tradutor da língua deles estava presente.

A delegada que acompanhou o caso (Fernanda dos Santos Souza) disse que a OAB de Santos foi comunicada para que um advogado comparecesse, além do navio também ter sido informado sobre o incidente e o próprio comandante ter comparecido à delegacia juntamente com uma intérprete.

Ainda segundo Fernanda os estrangeiros atearam fogo perto de uma cesta de lixo, o que acrescenta à ocorrência de importunação sexual o crime de dano ao patrimônio. 

O advogado dos homens disse que não foi respeitado o direito de defesa dos mesmos, já que nenhum tradutor juramentado da língua estava presente, e que entrará com pedido de Habeas Corpus para que eles respeondam em liberdade.

Os tripulantes seguem no Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Vicente.