Santos: para combater enchentes, Prefeitura aumenta retirada de resíduos

Nesta quinta-feira (4), quando os trabalhos se concentraram nos bairros Castelo e Bom Retiro, na Zona Noroeste, foram 6,19 toneladas retiradas das galerias em quase 1km de vias

Comentar
Compartilhar
05 JUN 2020Por Da Reportagem09h05
Trabalho é feito diariamente por 53 funcionários da Prodesan, divididos em quatro equipes, sob supervisão da SeserpFoto: Anderson Bianchi

Serviço que contribui para escoar as águas pluviais e evitar alagamentos, a limpeza da rede de drenagem já foi feita em 112km de extensão de vias do Município, de janeiro a maio deste ano, totalizando 661,80 toneladas de sedimentos como lama e areia, retirados de ramais, galerias e canaletas. O total representa aumento de 41% em relação ao coletado no mesmo período de 2019 - 466,28 toneladas.

O volume maior se dá em razão da otimização do serviço por bairros, que deu agilidade às equipes, e à ocorrência de ressacas, explica o chefe do Departamento de Serviços Públicos, Flávio Morgado, da Secretaria de Serviços Públicos (Seserp). “Isso deu celeridade ao trabalho, além das ressacas, que enchem mais a tubulação com areia, um dos sedimentos encontrados nas galerias”, afirma.

Segundo a Seserp, até maio também foi feita limpeza em 13.443 dispositivos de drenagem pluvial urbana como poços de visita, bocas de lobo, caixas de captação e caixas de sopé.

ZONA NOROESTE.
Nesta quinta-feira (4), quando os trabalhos se concentraram nos bairros Castelo e Bom Retiro, na Zona Noroeste, foram 6,19 toneladas retiradas das galerias em quase 1km de vias, entre elas a Avenida Jovino de Melo e as ruas Flor Horácio Cirilo, Waldemar Norchese, Antônio Gracioso e Newton de Lima Azevedo.

O trabalho foi executado com o auxílio de um caminhão hidrojato, para limpeza da rede com alta pressão, e um caminhão basculante, para carregamento do material retirado, além de ferramentas manuais como pá, enxada e carrinho de mão. Nesta sexta-feira (5), os serviços continuam nesses bairros.

BAIRROS CONTEMPLADOS
Desde o começo do ano já foram contemplados com o serviço os bairros Marapé, Jabaquara, Centro/Valongo, José Menino, Pompeia, Gonzaga, Boqueirão, Encruzilhada, Castelo e Caneleira. O trabalho é feito diariamente por 53 funcionários da Prodesan, divididos em quatro equipes, sob supervisão da Seserp.