Santos manifesta intenção de integrar consórcio para aquisição de vacinas contra covid-19

O documento, assinado na manhã dessa sexta-feira (5) pelo prefeito Rogério Santos, pretende facilitar também a aquisição de medicamentos

Comentar
Compartilhar
05 MAR 2021Por Da Reportagem22h20
Até essa sexta-feira (5), Santos já aplicou mais de 70 mil doses de vacinasAté essa sexta-feira (5), Santos já aplicou mais de 70 mil doses de vacinasFoto: DIVULGAÇÃO/PMB

A Prefeitura de Santos manifestou interesse em participar do consórcio público para aquisição de vacinas contra a covid-19, que será instituído até o dia 22 de março. Essa é uma iniciativa da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), que pretende dar suporte aos municípios, caso o Plano Nacional de Imunização (PNI), do Governo Federal, não consiga suprir a demanda nacional.

O documento, assinado na manhã dessa sexta-feira (5) pelo prefeito Rogério Santos, pretende facilitar também a aquisição de medicamentos, equipamentos e outros insumos do interesse do Município. Os recursos para compra de vacinas poderão ser disponibilizados de três formas: por meio dos municípios consorciados, de aporte de recursos federais e de eventuais doações nacionais e internacionais.

O intuito do consórcio é gerar uma alternativa, com segurança jurídica às prefeituras, para que possam realizar as compras de vacinas e insumos diretamente dos fabricantes, caso o PNI não consiga atender, na totalidade, os municípios.

Até essa sexta-feira (5), Santos já aplicou mais de 70 mil doses de vacinas, entre profissionais de saúde e idosos acima de 77 anos.