Santos Jazz Festival já tem programação definida

Comentar
Compartilhar
03 JUL 2019Por Da Reportagem10h35
Foto: Divulgação

Aberta a programação da oitava edição do maior Festival de Jazz do Litoral Paulista, o SANTOS JAZZ FESTIVAL 2019. Entre os dias 25 e 28 de julho, o público terá a oportunidade de curtir mais de 20 shows gratuitos, espalhados entre o SESC, o espaço Arcos do Valongo, no Centro Histórico de Santos e o Shopping Pátio Iporanga.  

O show de abertura, dia 25, será uma homenagem a NINA SIMONE, pianista e compositora conhecida mundialmente, também, pelo ativismo ferrenho aos direitos civis dos negros americanos. E nada melhor do que a “força serene e constante” das vozes de Alma Thomas e Ellen Oléria, para interpretar Nina, no palco do Sesc. A escolha dessas duas artistas foi proposital, exatamente por representarem tão bem o talento desse ícone não só na música, mas na luta pela equidade no mundo. No repertório, clássicos como Feeling Good, Don´t Let Me Be Misunderstood, My Way, Here comes the sun, entre outros sucessos.   

A programação continua na sexta-feira, dia 26 e vai até domingo, dia 28, concentrando a maioria das atrações no Arcos do Valongo, onde o público poderá desfrutar da boa gastronomia nos food trucks e food bikes, e curtir o encontro de economia criativa, exposição de arte, oficinas, espaço kids, etc... No palco - provando que o JAZZ envolve e cria, permitindo suas muitas vertentes e fusões - uma programação intensa e extensa com nomes como Funk como Le Gusta, Bocato Quinteto, Tony Gordon, Ritchie & Black Tie (Old Friends - The Songs of Paul Simon), Xênia França, Festa Black Jazz - Dj Hum & Erick Jay, Jazz na Rua, Nuno Mindelis, DJ Erick jay & Cuca Teixeira “O Jazz e as fusões contemporâneas”, Sandra de Sá & Banda, entre outros artistas completam o line up do Festival.
Uma novidade nessa edição é o lançamento da BIG BAND LMC, uma banda de jazz e blues formada por 15 alunos deficientes visuais da oficina de música do Lar das Moças Cegas, instituição da cidade de Santos que atende cerca de 300 deficientes visuais. O projeto surgiu numa oficina, na edição do ano passado do SANTOS JAZZ, e continuou até hoje, culminando na BIG BAND. Esse lançamento é um orgulho para o Festival que traz, entre suas propostas, a inclusão irrestrita da música de qualidade a todos os públicos.