CAMPANHA DE 1 A 11

Santos cria força-tarefa para garantir que comércios estejam fechados

A força tarefa, que tem apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), visa fazer cumprir o que está determinado

Comentar
Compartilhar
23 MAR 2020Por Da Reportagem12h17
Informações de denúncias podem ser feitas pelos telefones da Ouvidoria (162) e GCM (153Foto: Nair Bueno / Diário do Litoral

A Prefeitura de Santos informa que, de acordo com o Decreto 8.898, de 20 de março de 2020, que declara estado de calamidade pública no Município, em razão da necessidade de adoção de medidas preventivas do contágio do coronavírus, a Secretaria de Finanças está realizando uma força-tarefa para fazer valer as medidas adotadas por todas as cidades da Baixada Santista:

Fechamento total dos estabelecimentos comerciais, incluindo marinas, clubes, lojas de conveniência de postos de combustível, mantendo aberto apenas supermercados, feiras livres, venda de gás, postos de combustível, farmácias e estabelecimentos do ramo alimentício (estes devem manter as portas fechadas e funcionar apenas para delivery)

A força-tarefa, que tem apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), visa fazer cumprir o que está determinado. Se algum estabelecimento comercial, em questão, for encontrado em funcionamento, o mesmo receberá intimação para fechamento imediato e, no caso de resistência, poderá ser usada a força policial. O mesmo vale para os ambulantes que atuam nas praias da cidade, ou seja, poderão ter seus carrinhos recolhidos e, no caso de resistência, poderá ser usada a força policial.

Informações de denúncias podem ser feitas pelos telefones da Ouvidoria (162) e GCM (153).