Santos

Santos abre discussões da Conferência da Unesco enfatizando luta contra a desigualdade

Anfitrião do evento, o prefeito Rogério Santos, tratou de introduzir a discussão acerca do tema, lembrando da destacada posição santista nos índices de desenvolvimento humano (IDH)

Da Reportagem

Publicado em 19/07/2022 às 20:43

Compartilhe:

Evento acontece até dia 22 no Blue Med Convention Center. / Isabela Carrari/ PMS

A necessidade de diminuir as desigualdades sociais nas cidades, para um desenvolvimento sustentável da economia pós-pandemia, foi o principal assunto das discussões entre os líderes presentes na abertura da XIV Conferência Anual da Rede de Cidades Criativas da Unesco, que acontece até o dia 22 de julho, no Blue Med Convention Center, na Ponta da Praia.

Anfitrião do evento, o prefeito Rogério Santos, tratou de introduzir a discussão acerca do tema, lembrando da destacada posição santista nos índices de desenvolvimento humano (IDH), mas ressaltando a necessidade de diminuir as desigualdades sociais, presentes não somente em Santos, mas em todo Brasil.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

“A desigualdade social é a diferença que nos envergonha. Nós queremos uma nação rica e humana, mas precisamos aprender que a natureza não nos pertence, levando em consideração um tripé formado por meio ambiente, desenvolvimento social e econômico”.

O prefeito aproveitou a oportunidade para convidar todos os presentes a conhecerem Santos e todas suas riquezas culturais: “Somos uma cidade portuária e como tal fomos a porta de entrada para muitos movimentos culturais em nosso País. Esse evento é um marco para compartilharmos todas as nossas experiências com a economia criativa e, consequentemente, contribuirmos para o desenvolvimento mútuo”.

PODER DAS CIDADES

O diretor-geral adjunto de cultura da Unesco, Ernesto Ottone, falou em nome da organização e ressaltou o poder das cidades para fazer as grandes mudanças globais, destacando o papel de Santos como um exemplo neste processo. “Santos encarna plenamente o sentimento de uma cidade criativa, por isso é uma alegria marcar a primeira vez que realizamos o congresso na América Latina”.

Para Ottone, se a desigualdade não nos leva a assumir um compromisso para mudança, falhamos como sociedade. “A luta contra a desigualdade social é tema central desta conferência, não é por acaso, pois a criatividade deve caminhar junto com a igualdade, em busca da inclusão, da coesão”.

CRIATIVIDADE MOLA PROPULSORA

A embaixadora e ministra Paula Alves de Souza, Diretora do Departamento Educacional e Cultural do Itamaraty, também elogiou a Cidade. Para ela, a economia criativa é uma mola propulsora da recuperação das cidades e da economia, tendo Santos como um exemplo. “Essa conferência é oportuna para compartilharmos experiências e aumentarmos nossa inovação em prol de diminuir essas desigualdades".

SEM DEIXAR NINGUÉM PARA TRÁS

Além do prefeito, Santos contou com um convidado especial para falar em nome da Cidade na abertura da conferência. Representando justamente esse conceito de igualdade e, consequentemente, acessibilidade, o palestrante e ativista Samuel Sestaro contou sua experiência enquanto santista com síndrome de down.

“Aqui encontramos uma pluralidade de serviços públicos e políticas para igualdade e acessibilidade, com  transporte acessível, serviços de educação e esportes pensando nas pessoas com necessidades especiais. E é isso que queremos em todo o mundo. Viver numa sociedade criativa é conviver com as diferenças sem deixar ninguém para trás”.

Após a abertura, os participantes assistiram a um vídeo institucional sobre o papel de Santos como Cidade Criativa na área do Cinema, além de uma apresentação musical com crianças e jovens do coletivo Querô do Instituto Arte no Dique.

A 14ª Conferência Anual da Rede de Cidades Criativas da Unesco vai até sexta e é realizada pela Unesco, em colaboração com a cidade-sede Santos e apoio do Santos Convention & Visitors Bureau. 
 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

São Vicente

Cidade do litoral de SP inicia festival gastronômico com delícias à preços baixos

É a 9ª edição do evento, que conta com 50 restaurantes e mais de 100 opções de pratos e lanches

Diário Mais

Fenômeno climático La Niña chega em agosto e também atingirá o litoral de SP

Evento climático é conhecido por resfriar as águas do oceano pacífico

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter