X
Santos

Rodrigo Garcia destina R$ 5 milhões para custeio na Santa Casa de Santos

Governo de São Paulo também libera R$ 18 milhões para serviços assistenciais do município

Governador Rodrigo Garcia / Divulgação/ Governo do Estado de SP

O Governador Rodrigo Garcia anunciou nesta quarta-feira (11) um repasse extra de R$ 5 milhões para a Santa Casa de Santos. O investimento vai ampliar a oferta de serviços de saúde para os nove municípios da Baixada Santista. O Governo de São Paulo também destinou R$ 18 milhões para entidades assistenciais de Santos, com recurso transferido por meio do Fundo Estadual de Assistência Social (FEAS), para o Fundo Municipal de Assistência Social do Município de Santos. 

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

“Nosso desafio é podermos juntos realizar uma grande reorganização na saúde de São Paulo que já era a melhor do Brasil, mas sabemos que pode ser melhor ainda. Com o Mais Santas, vamos aumentar o repasse para os hospitais filantrópicos que já recebiam, passar a apoiar quem não tinha nada e tudo isso vai compor um novo sistema de saúde do estado de SP”, afirmou Rodrigo Garcia.

Os recursos estaduais destinados vão complementar os valores que o hospital filantrópico recebe dentro do Programa Mais Santas Casas, no qual o Governo do Estado de São Paulo vai destinar cerca de R$ 25,6 milhões por ano para a instituição. O repasse de R$ 5 milhões vai possibilitar um aumento na oferta de cirurgias, exames e consultas. Com a medida, serão beneficiadas cerca de 1,8 milhões de habitantes. 

“Essa medida permite um maior cuidado com a população da região, num hospital filantrópico que atende todos os municípios da Baixada Santista e é referência em alta e média complexidade, que também tem sua importância histórica por ser o mais antigo hospital brasileiro”, destaca o Secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn, referindo-se à unidade cuja primeira sede foi inaugurada em 1543.

Recursos para serviços assistenciais

O recurso de R$ 18 milhões que será repassado para as entidades sociais será utilizado para compra de equipamentos, materiais, veículos e mobiliário aos serviços assistenciais da cidade. Além deste montante, até o final de 2022, o Governo do Estado terá destinado R$ 19,4 milhões para os noves municípios da Baixada Santista, por meio do Fundo Estadual de Assistência Social.

Entre os serviços sociais beneficiados, estão Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (CENTRO POP), Serviço de Atendimento ao Domicilio para idosos e Pessoas com Deficiência, Acolhimento Institucional em Abrigo, Casa de Passagem, Acolhimento de Longa Permanência para Idosos, Acolhimento Institucional em Repúblicas, Acolhimento Institucional em Residência Inclusiva, Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes, Centro Dia, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e Serviço Especializado em Abordagem Social.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Cidadania Itinerante oferece serviços gratuitos à população a partir desta terça (5), em Guarujá

Até sábado (8), unidade da Secretaria de Justiça e Cidadania, do Governo do Estado, estará em Vicente de Carvalho para realizar atendimentos, orientações, encaminhamentos e acolhimentos de denúncias

Polícia

Mãe envia LSD escondido em bermuda para filho preso em São Vicente 

Segundo informações da Administração Penitenciária (SAP), o caso ocorreu na manhã deste domingo (3)

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software