X

SANTOS

Retrospectiva: Saúde em Santos projeta investimentos após redução de impactos da pandemia

Santos terá um Departamento de Saúde Mental no próximo ano

Da Reportagem

Publicado em 28/12/2022 às 18:35

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

policlinica são manoel / ISABELA CARRARI/PMS

O ano de 2022, marcado pela diminuição das internações e casos graves da covid-19 e pelo progresso da vacinação contra a doença, permitiu à área da saúde ampliar o investimento em outras frentes. Alguns avanços ocorreram neste ano que termina (veja abaixo) e também foram construídas as bases para a concretização de novos projetos, que se tornarão realidade a partir de janeiro de 2023.

SAÚDE MENTAL

Santos terá um Departamento de Saúde Mental no próximo ano, que impulsionará ainda mais as ações voltadas ao cuidado de pessoas que apresentem transtornos mentais e/ou uso de substâncias psicoativas. 

Para janeiro, está prevista a inauguração do novo Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD), que funcionará em um novo imóvel, cujas obras de adaptação, seguindo todas as diretrizes nacionais de Vigilância Sanitária, estão em fase final.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Também está em andamento a busca por um novo imóvel para abrigar o Caps Tô Ligado, voltado ao atendimento de crianças e adolescentes em uso de substâncias psicoativas. Outras unidades do Caps passam por reforma.

CLÍNICA-ESCOLA DO AUTISTA

Também para janeiro, está prevista a inauguração da ampliação do Centro de Reabilitação e Estimulação do Neurodesenvolvimento (Cren), popularmente conhecido como Clínica-Escola do Autista. De 120 pacientes simultâneos, a unidade terá capacidade para atender até 150.

NOVAS POLICLÍNICAS

A construção da Policlínica Estuário segue em andamento, com capacidade para atender até 16 mil pessoas. O andar térreo terá dez consultórios, sendo quatro para atendimento geral, quatro para ginecologia/pediatria, com banheiro, e outros dois consultórios odontológicos, com recepção. Terá duas salas de enfermagem, salas para estoque de medicamentos, procedimento e coleta, de curativos, de vacina, administração e recepção. A previsão é de que as obras terminem no primeiro semestre de 2023.

O próximo ano será marcado ainda pelo início da construção da Policlínica Dique da Vila Gilda, voltada ao atendimento das cerca de seis mil pessoas que vivem no local (com capacidade para atender até 16 mil pessoas) e que atualmente são atendidas na unidade do Rádio Clube (a mais procurada da Cidade). Com uma nova unidade, haverá mais agilidade no atendimento à população das duas localidades, uma vez que os usuários serão redistribuídos. A unidade terá dois pavimentos; quatro consultórios médicos; dois consultórios de enfermagem; três consultórios odontológicos; salas de vacina, curativos, inalação, procedimentos e coleta; dispensário de medicamentos; sala de atividades coletivas e outros espaços.

 

ODONTOLOGIA

O Centro de Especialidades Odontológicas da Zona Noroeste (CEO ZNO) mudará de endereço, para um anexo do Ambulatório de Especialidades da Zona Noroeste (Ambesp ZNO). A escolha da empresa que fará a obra de adequação do espaço encontra-se em fase de licitação.

"Temos boas perspectivas para 2023. Certamente, ofereceremos ainda mais qualidade nos serviços prestados. Trabalharemos ainda em outros projetos, que já começaram a ser planejados, e que permitirão facilitar o acesso dos munícipes a consultas e exames, tanto na Atenção Básica quanto na Especializada", destaca o secretário de Saúde, Adriano Catapreta.

 

DESTAQUES DE 2022

ENFRENTAMENTO À COVID-19 

Em 2022, Santos deu continuidade ao enfrentamento à pandemia de covid-19, por meio do incentivo à vacinação, com abertura de policlínicas aos finais de semana; a oferta gratuita de testes rápidos à população, de forma que paciente pudesse se tratar e se isolar o mais precocemente possível; a disponibilização do medicamento Paxlovid, fornecido pelo Ministério da Saúde, mediante prescrição médica; o acompanhamento ininterrupto em relação aos casos novos, óbitos e internações pela doença. Mais de 90% da população santista aderiu à primeira e à segunda dose da vacina contra a covid-19. Já para primeira e segunda doses de reforço, o índice é de cerca de 75% das pessoas do público-alvo que cumpriram o intervalo em relação à dose anterior.

COMBATE AO AEDES AEGYPTI

Santos reforçou a atuação contra o mosquito transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela urbana, e teve resultados expressivos neste ano. O Município registrou 353 casos de dengue e 303 de chikungunya (dados provisórios), uma diminuição de 92% e 95% em relação ao ano passado, quando foram registrados 4.461 e 7.373 casos das doenças, respectivamente. A Cidade não teve morte por arboviroses (doenças disseminadas pelo mosquito Aedes aegypti) em 2022. 

A Seção de Controle de Vetores (Secove) realizou 26 mutirões de combate ao Aedes aegypti, em diversos bairros, fazendo a vistoria de 55.249 imóveis e eliminando 1.546 focos com larvas do mosquito. A seção promoveu ainda ações em pontos estratégicos, com 1.447 vistorias em locais cadastrados com fortes indícios da presença do mosquito, como borracharias, ferros-velhos, e pátios de veículos. As atividades promovidas em imóveis especiais, de larga escala e alta circulação de pessoas, totalizaram 6.126 inspeções em espaços como universidades e shopping centers, por exemplo, e as visitas casa a casa, realizadas a cada três meses, resultaram em 149.778 residências vistoriadas.

MORTALIDADE INFANTIL

Santos registra em 2022 uma taxa de 8,6 mortes por mil nascidos vivos (dados provisórios), número dentro da meta estabelecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de até 10 mortes por mil nascidos vivos. Desde o início da pandemia de covid-19, em 2020, o número de nascimentos em Santos vem diminuindo, o que torna ainda mais desafiador ao Município manter-se dentro da meta estabelecida pela OMS. O programa Mãe Santista é o principal fator para este bom resultado, pois presta assistência a mulheres grávidas e seus filhos, do pré-natal aos primeiros 24 meses de vida da criança. As gestantes que comparecem a seis ou mais consultas de pré-natal recebem uma bolsa-maternidade. Desde o início do programa, em 2013, 13.439 mulheres foram atendidas, sendo 2.007 destas cadastradas neste ano. Em 2022 foram realizadas 1.337 entregas de pastas para abertura do pré-natal e de kit bucal, além de 1.367 bolsas-maternidade.

AMBULATÓRIO DE ESCLEROSE MÚLTIPLA

Em janeiro deste ano, Santos ganhou um ambulatório especializado para o tratamento de esclerose múltipla, que funciona no Ambulatório de Especialidades (Ambesp) Nelson Teixeira, no Macuco. A unidade recebe pacientes avaliados e encaminhados pelas policlínicas, que têm equipes preparadas para a identificação dos sinais e sintomas e realizam o encaminhamento ao neurologista do ambulatório especializado, que faz a solicitação de exames e inicia o tratamento para o controle da doença, que não tem cura.

SAMU NA PRAIA

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Santos iniciou o patrulhamento da orla da praia com quadriciclos. A Cidade é a primeira do Estado a contar com veículos para atendimento de urgência e emergência nas praias. Os quadriciclos circulam aos finais de semana de verão e feriados prolongados, das 8h às 18h, e ajudam a agilizar o socorro, aumentando as chances de salvar vidas em casos mais graves. Os quadriciclos possuem equipamentos disponíveis em ambulâncias de primeiro atendimento, como o cilindro de oxigênio e desfibrilador externo automático (DEA), material para reanimação. 

LASERTERAPIA

Neste ano, Santos tornou-se pioneira no País ao ampliar a oferta de laserterapia para tratamento de lesões e curativos de alta tecnologia para todo o seu território por meio da rede municipal de saúde. O Município ofereceu treinamento às equipes de enfermagem para realizar o procedimento nas salas de curativo das unidades de saúde. A Cidade também foi reconhecida no 8º Congresso Brasileiro de Prevenção e Tratamento de Feridas, em São Paulo, como referência nacional para o tratamento de lesões. 

NEP-SAMU

O Núcleo de Educação Permanente (NEP) do Samu de Santos ganhou um espaço exclusivo para as suas atividades na sede do serviço de urgência. Em 2022, promoveu 457 capacitações, alcançando 2.892 pessoas, entre servidores e população geral. Um dos treinamentos promovidos é o de primeiros socorros, voltado a agilizar o atendimento em caso de acidentes ou agravos à saúde antes da chegada da ambulância.

Dois guardas civis municipais (https://www.santos.sp.gov.br/?q=noticia/guardas-civis-de-santos-sao-homenageados-por-reanimarem-homem-em-parada-cardiorrespiratoria) e um porteiro de unidade municipal de ensino (https://www.santos.sp.gov.br/?q=noticia/porteiro-treinado-presta-primeiros-socorros-a-estudante-de-santos-em-convulsao) foram destaques neste ano ao ajudarem a salvar vidas, após passarem por treinamento do NEP-Samu.

ESCOLA DA SAÚDE

Santos inaugurou um espaço para a realização dos cursos da Escola Municipal de Saúde Pública, voltada à capacitação permanente de servidores da Secretaria de Saúde. O centro visa a melhoria do atendimento nas unidades do Sistema Único de Saúde (SUS), através do aprimoramento dos profissionais, por meio de parcerias com instituições de ensino e outros órgãos da Administração Pública. Em 2022, foram realizadas 169 atividades de formação, além da Semana de Saúde David Capistrano.

CAPTAÇÃO DE CÓRNEAS

Em novembro deste ano, a Seção de Captação de Órgãos e Tecidos (Secapt) fez a primeira captação de córneas para doação no Município. O procedimento ocorreu na UPA Central de Santos e foi realizado em parceria com o Banco de Olhos de Sorocaba (BOS), que enviou um profissional para realizar a cirurgia junto da equipe santista. Os tecidos foram enviados para o Banco de Olhos do Tatuapé. Ainda em março, a equipe da Secapt foi capacitada para a captação de córneas, desde o momento da abordagem dos familiares, que devem autorizar a operação, até o acompanhamento do processo de enucleação dos globos oculares e o encaminhamento para o banco de olhos.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

INVESTIGAÇÃO

Caminhoneiro é sequestrado e mantido refém após descarregar carga no Porto de Santos

Homem de 42 anos disse à Polícia Civil que um dos criminosos estava armado; caso é investigado e criminosos são procurados

ATRAÇÃO NO LITORAL

São Vicente terá maior fonte interativa da Baixada Santista

Na noite desta sexta-feira (24) o novo equipamento foi acionado pela primeira vez

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter