Recém-inaugurada, base do Samu de Santos já recebe chamadas de atendimento

Esta é a 10ª base do serviço na Cidade, a terceira na região da orla

Comentar
Compartilhar
26 JUN 2020Por Da Reportagem09h25
No local, ficará a ambulância de Suporte Avançado de Vida (SAV), que antes estava na base Central (Encruzilhada)Foto: Susan Hortas / Prefeitura Municipal de Santos

Já está recebendo chamados a nova base de apoio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em imóvel anexo da UPA da Zona Leste (Praça Visconde de Ouro Preto s/nº, Estuário). Esta é a 10ª base do serviço na Cidade, a terceira na região da orla, onde vivem mais de 176 mil pessoas – 40% da população santista.

No local, ficará a ambulância de Suporte Avançado de Vida (SAV), que antes estava na base Central (Encruzilhada), para atender aos chamados recebidos pelo telefone 192. Ela funciona como UTI móvel, destinada aos casos mais graves como atendimentos de infartos e acidentes vasculares encefálicos e conta com equipe formada por médico, enfermeiro e condutor.

O Samu de Santos tem 17 ambulâncias em operação e realiza cerca de 3.300 atendimentos por mês, entre chamados pela central 192 e remoções. A ambulância SAV faz mais de 150 atendimentos/mês, cerca de cinco por dia, com tempo-resposta médio de até sete minutos.

ESTRUTURA
A nova base de apoio é climatizada, dotada de dormitório com três camas, banheiro e sala de repouso com sofá e televisão para que os profissionais utilizem nos intervalos dos atendimentos. “Esta é a base melhor estruturada da cidade, após a base Encruzilhada, onde funciona a sede do Samu. Nosso objetivo é oferecer o atendimento em melhores condições e em menor tempo-resposta”, afirma o secretário de Saúde, Fábio Ferraz.

Outras bases do Samu
Boqueirão (Av. Bartolomeu de Gusmão x Av. Conselheiro Nébias)

Ponta da Praia (Praça Engenheiro José Rebouças s/nº)

Encruzilhada (Rua Barão de Paranapiacaba, 241)

Rádio Clube (Praça Jerônimo La Terza s/nº)

São Manoel (Praça Nicolau Geraigire s/nº)

Castelo (Complexo Hospitalar da Zona Noroeste - R. Agamenon Magalhães s/nº)

Jabaquara (Hospital de Pequeno Porte - Av. Cláudio Luiz da Costa, 280)

Nova Cintra (Av. Santista, 1.308) Caruara (Rua Andrade Soares s/nº)
 

Quando acionar o Samu (telefone 192 – chamada gratuita)

Problemas cardiorrespiratórios

Situações de intoxicação (produtos químicos, veneno, medicação)

Queimaduras graves

Afogamentos (em conjunto com o Corpo de Bombeiros – 193)

Na ocorrência de maus-tratos (em conjunto com a Polícia Militar - 190)

Trabalhos de parto com risco de morte da mãe e do feto

Crises hipertensivas

Acidentes/trauma com vítimas (em conjunto com Bombeiros – 193)

Tentativa de suicídio (em conjunto com PM – 190 ou Bombeiros - 193)

Surtos psiquiátricos (em alguns casos, em conjunto com PM – 190)

Violência sexual/ agressão (em conjunto com PM – 190)

Choque elétrico (em conjunto com Bombeiros – 193)

Acidentes com produtos perigosos (com Bombeiros – 193)

ORIENTAÇÕES

Em caso de acidentes com trauma, deve-se deixar a vítima como foi encontrada e acionar o Samu, procurando isolar o local. É preciso manter a calma para passar os dados ou pedir para alguém mais próximo, em condições equilibradas, para transmitir as informações. Não passar trotes.