Próxima blitz do covid-19 em Santos ocorrerá na área continental e na região Central

O resultado do exame é informado cerca de 40 minutos depois, por meio de telefone cadastrado do munícipe

Comentar
Compartilhar
29 JUN 2020Por Da Reportagem13h20
Na blitz, todos os munícipes passam por medição de temperatura a distância (termômetro de testa) e, em seguida, são submetidos ao teste rápidoFoto: Divulgação / Prefeitura Municipal de Guarujá

A próxima e terceira Blitz Covid -19 realizada em Santos, pela Prefeitura, está marcada para o próximo final de semana (dias 4 e 5), das 8h às 14h, na Área Continental e Região Central. O anúncio foi feito pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa, em live nas redes sociais, na noite deste domingo (28). 

A ação na Área Continental vai atender os bairros Caruara, Monte Cabrão, Quilombo, Iriri e Mantiqueira. Já na área central, atenderá ao Centro, Vila Nova, Paquetá e Vila Mathias. Os pontos de testagem serão definidos e divulgados durante a semana.

Na blitz, todos os munícipes passam por medição de temperatura a distância (termômetro de testa) e, em seguida, são submetidos ao teste rápido, que consiste na análise de sangue após pequeno furo no dedo. O exame indica se a pessoa já teve contato com o vírus ou se está produzindo anticorpos para combater o vírus no seu organismo. 

O resultado é informado cerca de 40 minutos depois, por meio de telefone cadastrado do munícipe.

Aqueles com resultados positivos são orientados pelos técnicos do Departamento de Vigilância em Saúde (Devig) sobre os primeiros procedimentos, isolamento domiciliar e orientação para a realização do exame RT-PCR (laboratorial) na rede municipal. 

A blitz é uma iniciativa conjunta das secretarias de Saúde, Assistência Social, Serviços Públicos e Fundo Social de Solidariedade.

OUTRAS
Duas Blitz Covid-19 já foram realizadas: a primeira na Zona Noroeste, nos dias 20 e 21, com 12.264 testes rápidos efetuados, sendo 1.332 resultados positivos (10,9%). A segunda ocorreu nos morros, neste final de semana (27 e 28), somando 10.417 pessoas testadas, 1.076 delas com resultados positivos (10,3% do total).