Projeto-piloto de credenciamento de munícipes será avaliado em jogo do Santos neste sábado (20)

A entrega das credenciais de identificação aos munícipes das ruas Tiradentes, São Pedro, Paissandu, Dom Pedro I e Maris e Barros foi finalizada nesta sexta-feira (19)

Comentar
Compartilhar
20 MAI 2017Por Da Reportagem14h30
Projeto-piloto de credenciamento de munícipes será avaliado em jogo do Santos neste sábado (20)Projeto-piloto de credenciamento de munícipes será avaliado em jogo do Santos neste sábado (20)Foto: Divulgação

Neste sábado (20), quando ocorre a partida entre Santos X Coritiba, às 16h, no Estádio Urbano Caldeira, Vila Belmiro, equipes da Prefeitura estarão desde cedo no entorno do clube para avaliar o projeto-piloto de credenciamento de moradores de cinco vias próximas que ficam interditadas em dias de jogo.  

A entrega das credenciais de identificação aos munícipes das ruas Tiradentes, São Pedro, Paissandu, Dom Pedro I e Maris e Barros foi finalizada nesta sexta-feira (19) pela Ouvidoria, Transparência e Controle. No total foram 136 documentos distribuídos, visando facilitar o acesso às residências durante eventos esportivos no local, disciplinar a circulação de veículos e contribuir na fiscalização ao comércio irregular de ambulantes.

 Equipes ficarão posicionadas nas barreiras montadas para interdição das ruas próximas ao estádio. Participam funcionários da Ouvidoria; Departamento de Fiscalização Empresarial e Atividades Viárias (Secretaria de Finanças); Guarda Municipal; CET-Santos, Polícia Militar, além de representantes da Sociedade de Melhoramentos Amigos e Moradores da Vila Belmiro e do Santos FC.

O trabalho também será realizado nas disputas entre Santos X Sporting Cristal (dia 23) e Santos X Cruzeiro (dia 28). “Avaliaremos a experiência e faremos as modificações necessárias”, explicou ouvidor Rivaldo Santos, ressaltando que novo credenciamento ocorrerá em junho para moradores que não se cadastraram nesta fase. O documento contém nome, CPF, RG, endereço, carro e placa do veículo do munícipe. Mais informações na Ouvidoria: telefones 0800 112056 e 3219-9535.