X
Santos

Prefeitura colabora com investigação de agressão e vai ampliar segurança do PS da Zona Noroeste

Desde abril deste ano, o Complexo Hospitalar e o Ambulatório de Especialidades da Zona Noroeste possuem 27 câmeras de monitoramento e, em breve, estas unidades também terão segurança privada

A Prefeitura de Santos encaminhou nesta segunda (13) para a Polícia Civil as imagens das câmeras de monitoramento do Pronto Socorro da Zona Noroeste que mostram as agressões sofridas na sexta (10) por duas servidoras municipais - uma enfermeira e uma técnica de gesso – pelas duas filhas de um paciente.

Desde abril deste ano, o Complexo Hospitalar e o Ambulatório de Especialidades da Zona Noroeste possuem 27 câmeras de monitoramento e, em breve, estas unidades também terão segurança privada.

O secretário municipal de Saúde, Fábio Ferraz, se reuniu nesta segunda (13) com chefias e servidores no complexo hospitalar, incluindo as servidoras agredidas, e anunciou que será lançada uma licitação para contratar a empresa responsável pelo serviço em prol da maior segurança de usuários e funcionários. Além das câmeras, as unidades contam com plantões e rondas da Guarda Municipal.

Desde o início da ocorrência, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Guarda Municipal prestaram atendimento às vítimas e auxiliaram no registro de boletim de ocorrência. "Estamos solidários com as servidoras, porque é inadmissível qualquer tipo de agressão aos nossos profissionais. Vamos colaborar de todas as formas para a investigação policial e responsabilização das agressoras", destacou Fábio Ferraz.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

PAT Guarujá oferece 19 vagas de emprego nesta terça-feira (26)

A população somente é atendida no local mediante agendamento prévio no site do Poupatempo

EMPREGOS

PAT de Praia Grande está com novas oportunidades

Necessário ter experiência, mais de 18 anos e cadastro na unidade

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software