Onda literária divulga trabalhos de professores e alunos na Semana da Educação de Santos

O evento, que visa divulgar talentos e obras, principalmente locais, incentivando a leitura e escrita, integra a 31ª Semana da Educação Professor Paulo Freire.

Comentar
Compartilhar
17 AGO 2019Por Da Reportagem20h16
Foto: Susan Hortas/PMS

Uma Passarela Autoral, com escritores da região, inclusive professores, vendendo e autografando seus livros e uma batalha poética com alunos da unidade municipal santista José da Costa e Silva Sobrinho marcaram a VI Onda Literária, nesta sexta-feira (16), em uma universidade de Santos.

O evento, que visa divulgar talentos e obras, principalmente locais, incentivando a leitura e escrita, integra a 31ª Semana da Educação Professor Paulo Freire - 'Direitos de Aprendizagem: as dimensões dos saberes éticos, estéticos e políticos'.

"É importante divulgar meus livros, principalmente em um evento dentro da minha cidade", destacou Gabriel Godinho ([email protected]), 33, professor da unidade municipal Fernando Costa, em Santos, que começou a escrever aos 16 anos. Suas obras são 'Exidium', 'Warwolf, o ritual' e a HQ 'Exceção Hostil', todos de ficção científica.

Já o professor de Matemática e mestrando da rede municipal de Cubatão Allyson Ribeiro, 45, produz material pedagógico para a prática inclusiva de matemática e português. Ele também atua como professor de apoio a alunos incluídos. "Além dos conceitos matemáticos, eles precisam ter percepção de cor, coordenação motora, e assim aprendem de forma lúdica." Ele contou que o material tem ajudado muitos profissionais a ensinar melhor.

Vicente Bonachela ([email protected]), 79, expôs seu livro 'Um olhar sobre a cultura indígena', fruto de seu trabalho voluntário há 20 anos entre 50 etnias. Conheci mais de cem no Brasil e 20 no exterior. Com 134 páginas e 120 fotos, a obra custa R$ 20,00. O autor ainda dá palestras em escolas e universidades.

DEBATE

Outra atividade foi 'CaRa Leitura", com discussão da obra 'Drufs', de Eva Furnari, por duas professoras da rede municipal de Santos, Camila Chiara e Raquel Vieira Simões.

Para a organizadora da Onda Literária, a bibliotecária Cristina Zinezi, a feira foi bem proveitosa. "Os escritores e o público elogiaram a feira, que ofereceu maior diversidade de títulos e atividades. Está surgindo uma safra de ótimos poetas na Cidade, foi difícil escolher os melhores poemas na batalha poética. Todos divulgaram seu trabalho com sucesso."