X

LEGISLATIVO

"O que for melhor para a cidade, a Câmara Municipal vai estar apoiando", diz Cacá

O momento, segundo ele, é de renovação, com gestões inéditas e que começam seus trabalhos do zero, ao contrário de anos anteriores onde houve prosseguimento de administrações

LG Rodrigues

Publicado em 26/01/2023 às 07:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Cacá Teixeira é o atual presidente da Câmara Municipal de Santos / REPRODUÇÃO / FACEBOOK

A posição de cidade de Santos como uma das principais engrenagens da economia brasileira deixa o vereador Cacá, atual presidente da Câmara Municipal, otimista com o 477º ano de existência da dona do maior porto da América Latina. Em conversa com a Reportagem, ele afirma que espera uma boa relação ao longo do próximo ano com os novos governos Federal e Estadual além de reforçar que o Legislativo santista seguirá se pautando de acordo com os desejos da população.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O momento, segundo ele, é de renovação, com gestões inéditas e que começam seus trabalhos do zero, ao contrário de anos anteriores onde houve prosseguimento de administrações.

“A expectativa é boa, nós temos esperança. São dois governos novos que nós temos que conviver, diferente de anos anteriores que você vinha de governos que já estavam implantados, já estavam em vigência, com seus trabalhos, e agora vamos ter um novo governador, novo presidente então esperamos que tanto a Prefeitura Municipal de Santos como a Câmara Municipal tenham as respostas que gostariam de ter das reivindicações feitas, não só pelas presidências, como aqui da Câmara, como também do prefeito e de todos os vereadores que às vezes têm reivindicações para o Estado e para o Governo Federal”, explica.

Entretanto, Cacá acredita que Santos deve manter durante seu 477º ano de existência o mesmo prestígio que já vem carregando nas últimas décadas. 

“Acredito que pela posição da cidade, pelas realizações que a cidade tem apresentado, os resultados positivos do maior porto da América Latina e a gente continua a ser visto com toda atenção que merece e que possamos tirar projetos do papel aqui pra região, como o aeroporto, a questão da Imigrantes, de aumentar o número de pistas, principalmente no final de semana onde nós santistas sofremos ao descer pela Anchieta, e quanto ao Porto é uma esperança de ter aqui o nosso conselho e autoridade portuária também de forma deliberativa, que perdemos isso, e somos agora apenas consultiva”, explica. 

Entre as novidades que podem começar a sair do papel para este ano, o atual presidente da Câmara crê que o transporte público deva ser destaque primordial.

“Temos o VLT, que entra em um segundo momento, que estamos com alguns entraves, mas com certeza estaremos colocando o VLT a funcionar. A esperança é em 2023 teremos algumas coisas também como essa passagem pro Guarujá, se é túnel, se é ponte, nós precisamos também definir isso. Estamos esperançosos, vamos trabalhar bastante aqui na Câmara Municipal. Somos órgãos autônomos, mas temos um relacionamento harmônico e o que for melhor para a cidade, a Câmara Municipal vai estar apoiando o governo aqui municipal”, relata. 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Rodovias Anchieta e Imigrantes registram 14 km de lentidão nesta manhã

Fluxo de veículos é uma das principais causas

Mundo

Geopolítica em choque! Presidente do Irã morre em acidente de helicóptero

Além do líder político, outras oito pessoas vieram a óbito por conta da queda

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter