Nos Canais: Santos vira palco central de livro de contos

Escritores caiçaras se reuniram e publicaram antologia de contos na Amazon com apoio da Lei Aldir Blanc

Comentar
Compartilhar
01 MAR 2021Por LG Rodrigues08h45
Contos se passam em várias épocas diferentes de SantosContos se passam em várias épocas diferentes de SantosFoto: NAIR BUENO/DIÁRIO DO LITORAL

Um grupo de escritores santistas publicou uma antologia de contos onde o cenário central é um local muito bem conhecido por todos eles: a própria cidade de Santos.

Batizada de ‘Nos Canais’, a publicação engloba textos de dez escritores daqui do litoral paulista. Fruto da imaginação e das experiências de todos os autores, o e-book (só em formato virtual atualmente, mas mais a respeito disso no decorrer da matéria) possui um conto de cada um dos profissionais que ‘assina’ a capa.

“Eu conheci todos os escritores durante um curso da Prefeitura para formação de escritores. Durou dos dois anos e foi muito bom e um dos autores do livro, o André Argolo, foi um dos nossos professores junto da Carol, outra professora que assina o nosso prefácio. A gente continuou unidos, em contato, agora menos, por causa da pandemia”, afirma Estela Magalhães, uma das autoras.

Apesar de contar com todos os elementos necessários já conhecidos por ávidos leitores do segmento, para compor as histórias, quem dedicar um tempo para ler a fundo os contos vai se deparar com personagens bastante conhecidos dos santistas: Os canais.

“A gente já tinha ideia de fazer um livro de contos no qual em algum momento algum dos contos passa por um dos canais da cidade, então não é à toa que ele se chama: Nos Canais”.
Para quem acha que vai encontrar uma coletânea de histórias toda passada em tempos contemporâneos, aliás, se engana. Além do livro ser uma viagem geográfica pelos pontos mais famosos de Santos, ele também levará o leitor a uma odisseia através das décadas e dos séculos vividos pela Baixada Santista.

“São contos muito diversos. Tem conto fantásticos a até contos que se passam na época da ditadura, tem história de amor, tem contos mais poéticos, mas com certeza as pessoas de Santos vão reconhecer vários lugares”.

O projeto do grupo foi um dos vencedores do Prêmio Alcides Mesquita – “Mesquitinha”, edital ligado a Lei Aldir Blanc e que auxiliou artistas diante da crise provocada pela pandemia de Coronavírus. O valor obtido foi o que tornou possível a criação dos contos, edição e publicação na plataforma virtual da Amazon, onde o livro agora está disponível.

“Eu acabei escrevendo um conto que se passa na época da ditadura, então ele foi bem diferente dos outros. Eu tive que fazer uma pesquisa, conheci coisas da cidade que eu não conhecia, mas acho que cada um acaba por ter relação mais próxima com algum ponto da cidade que pode ou não se manifestar nos contos”.

O projeto escolhido pelo edital ainda conta com um workshop sobre escrita criativa e um lançamento oficial presencial, ‘mas esses ficarão para um outro momento, mais seguro, já que a ideia é despertar em mais escritores aquilo que nos sentimos no curso’, afirma a organizadora.

Além desse calendário já adiantado, os escritores também planejam uma versão física de ‘Nos Canais’, embora ainda não saibam precisar uma data de quando isso deve ocorrer.

“Fizemos um preço bem popular para este lançamento virtual dos contos, mas também já estamos preparando para participar de mais um edital para que a gente venha a fazer o lançamento físico”.

Enquanto isso não acontece, no próximo dia 27 de fevereiro, a partir da 20h, em parceria com o cientista político, Rafael Moreira, os organizadores do projeto estarão em uma “live de lançamento” falando sobre a criação do livro e a importância dele para os novos escritores da cidade. O bate-papo será transmitido na página do Facebook do próprio Rafael Moreira, que também será moderador da conversa.

‘Nos Canais’ já pode ser adquirido por meio da Amazon.com.br e o preço atual da publicação em formato e-book é de R$ 5,41.