X

SOLIDARIEDADE

Navio da Marinha sai do Porto de Santos com 16 t de doações; veja fotos

Navio-patrulha Guajará, atracado no cais da Marinha, no Porto de Santos, saiu neste sábado rumo ao litoral norte com 16 toneladas de doações

Da Reportagem

Publicado em 25/02/2023 às 17:46

Atualizado em 25/02/2023 às 18:02

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Nesta segunda viagem do navio com doações também embarcaram 30 fuzileiros navais / Francisco Arrais/PMS

Cerca de 16 toneladas de doações seguiram, neste sábado (25), para as vítimas das chuvas que atingiram o litoral norte de São Paulo, sobretudo para a cidade de São Sebastião, por meio do navio-patrulha Guajará, atracado no cais da Marinha, no Porto de Santos. Nesta segunda viagem do navio com doações também embarcaram 30 fuzileiros navais.

Entre os itens enviados, predominaram água, alimentos não perecíveis, produtos de higiene, roupas e ferramentas, como pás e enxadas, para ajudar na busca das vítimas desaparecidas.

Navio-patrulha Guajará, em SantosNavio-patrulha Guajará, em Santos/Francisco Arrais/PMS

 

Arrecadados pela Prefeitura de Santos, administração de outros municípios da região e Praticagem de São Paulo, os donativos foram transportados em caminhões dos pontos de coleta e seguiram direto para o navio, conforme explicou o sargento de Castro, do setor de Comunicação Social da Capitania dos Portos. 

Doações em Santos

Santos segue arrecadando doações para as vítimas das fortes chuvas que atingiram o litoral norte nos últimos dias. Para reforçar a ação, o Fundo Social de Solidariedade de Santos (FSS) também se tornou ponto de arrecadação da campanha na última quinta-feira (23), e ficará à disposição dos doadores em horário estendido.

Antes aberto de segunda a sexta, o equipamento teve o período de funcionamento ampliado para atender melhor a todas as doações, passando a abrir também aos sábados e domingos. Situado na avenida Conselheiro Nébias, nº 388, na Encruzilhada, o FSS recebe os donativos das 9h às 17h.

Doações em navio da Marinha que seguirão para o litoral norteDoações em navio da Marinha que seguirão para o litoral norte/Francisco Arrais/PMS

 

Em apenas dois dias de arrecadação, o novo ponto já recebeu a doação de 20 mil peças de roupas, nove toneladas de alimentos não perecíveis, cinco mil litros de água, 30 colchões e 4,5 mil itens de limpeza e higiene pessoal. 

Na última quinta, um caminhão do Exército Brasileiro transportou os donativos às cidades atingidas pela tragédia. Já nesta sexta (24), o restante dos itens foi encaminhado ao galpão da Prefeitura Regional da Zona da Orla e Intermediária, que estava funcionando como ponto de arrecadação do Município, para ser enviado junto às demais doações presentes no local.

Até o momento, a Prefeitura Regional já encaminhou cerca de 27 toneladas de doações ao Litoral Norte, por meio de barcos e caminhões. 

Também saíram da cidade, na última segunda-feira (20), 40 toneladas de doações para as vítimas, por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Santos, Marinha do Brasil, iniciativa privada (Ecoporto, BTP, Eldorado e Terracom), Governo do Estado e Ministério de Portos e Aeroportos, do Governo Federal.

Itens mais necessários

Podem ser doados alimentos não perecíveis; cestas básicas; roupas de cama e banho, além de peças de vestuário femininas, masculinas e infantis; itens de primeiros-socorros; produtos de limpeza e higiene pessoal; descartáveis; ração para gato e cachorro; itens para pessoas com deficiência (veja detalhamento abaixo).

Segundo a assessora técnica do FSS, Sílvia Moreira, alguns itens são prioritários, como água potável e alimentos prontos e/ou fáceis de preparar como bolachas, macarrão instantâneo, molho de tomate, tempero pronto e enlatados (milho, ervilha, atum, sardinha etc.). Também estão em falta produtos como café, achocolatado, óleo e leite em pó (tradicional e zero lactose).

Ainda são necessários itens de limpeza (vassoura, rodo, balde, pano de chão, pá de lixo, cloro, desinfetante, detergente, sabão em pó, esponja de louça, sacos de lixo de 60L etc.) e higiene pessoal (sabonete, creme dental, escova de dentes, desodorante, absorvente, álcool em gel, fralda geriátrica e infantil etc.).

Também é possível doar itens descartáveis como copos, talheres, pratos e guardanapos, além de produtos de primeiros-socorros como algodão, gaze, esparadrapo, micropore, antisséptico e álcool 70%.

Entre os itens de cama e banho são necessários colchões, travesseiros, lençóis, fronhas, toalhas de banho, entre outros. Já nas peças de vestuário, há grande demanda de roupas íntimas como sutiãs, calcinhas e cuecas. Vale lembrar que as peças precisam estar higienizadas e em bom estado.

Para pessoas com deficiência, há demanda por cadeiras de rodas, muletas, bengalas, camas hospitalares, colchão tipo ‘casca de ovo’ e cadeira para banho.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Guarujá

PAT de Guarujá oferece 58 vagas neste sábado (25); confira a relação

Atendimento é realizado na Avenida Santos Dumont, 1.586, no Pae Cará, em Vicente de Carvalho

Esportes

Pela Série B, Santos perde para o América-MG por 2 a 1

Próxima partida do Peixe será contra o Botafogo-SP

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter