Na orla do Gonzaga, população é orientada sobre cuidados para evitar o Aedes aegypti

A iniciativa incluiu distribuição de 500 sacolinhas com material educativo sobre medidas preventivas e como eliminar criadouros.

Comentar
Compartilhar
22 ABR 2018Por Da Reportagem18h14
Motoristas e pedestres foram abordados pela equipe em nome da conscientização.Foto: Assessoria de Imprensa/Santos

Semáforo vermelho para motoristas que estão na Av. Vicente de Carvalho com Ana Costa, orla do Gonzaga, e sinal verde para a equipe de Informação, Educação e Comunicação (IEC), da Secretaria de Saúde, entrar em ação com uma faixa chamando a atenção para os cuidados com o mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, zika, febre chikungunya e febre amarela urbana.

O domingo de sol foi de conscientização sobre o tema, ressaltando à população os cuidados permanentes para evitar as doenças. A iniciativa incluiu distribuição de 500 sacolinhas com material educativo sobre medidas preventivas e como eliminar criadouros.

Ao voltar de um passeio pelo calçadão com seu cão de estimação, a autônoma Cátia Moreira Santos, 40 anos, moradora de Sorocaba, foi abordada pela equipe. Ela está na casa da filha, que estuda em Santos e mora em um apartamento no Gonzaga.  

"As pessoas precisam se conscientizar mais. Ainda tem muita imprudência e sem ação contínua os cuidados caem no esquecimento. No apartamento da minha filha temos todos os cuidados. Nada de água parada e vasos de planta", contou. Denúncias podem ser feitas na Ouvidoria, Transparência e Controle, pelo 0800 112056. Fotos dos locais podem ser enviadas pelo WhatsApp 99750-3857.