X

Santos

Mutirão elimina 76 focos com larvas de mosquito em dois bairros de Santos

Em 2023, Santos registra 11 casos de dengue e 5 casos de chikungunya

Da Reportagem

Publicado em 02/03/2023 às 13:24

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Foram visitados 2.115 imóveis e os que estavam fechados foram sinalizados como pendências para uma nova visita / Divulgação/PMS

Agentes de combate a endemias da Secretaria de Saúde de Santos eliminaram 76 focos com larvas de mosquito nesta quarta-feira (1º) durante o 8º Mutirão de Combate ao Aedes aegypti deste ano nos bairros Santa Maria e Bom Retiro. O inseto é transmissor da dengue, chikungunya, zika e febre amarela urbana.

Foram visitados 2.115 imóveis e os que estavam fechados foram sinalizados como pendências para uma nova visita, que ocorrerá neste sábado (4). A empresa Terracom atou em parceria com a Secretaria de Saúde, disponibilizando caminhão para a retirada de materiais inservíveis. Considerando-se apenas os mutirões realizados em 2023 em Santos, já foram eliminados 973 focos com larvas. 

MAIS COMBATE

Outras ações ocorrem em caráter de rotina na Cidade com o objetivo de orientar a população e eliminar focos com larvas, como o Programa Casa a Casa, que segue programação de visitas ao longo do ano, e vistorias regulares aos pontos estratégicos (como borracharias e ferros-velhos) e imóveis especiais (locais de grande circulação de pessoas como hotéis, centros comerciais, escolas, entre outros).

Geralmente, os focos com larvas são encontrados nos mesmos locais: lonas, baldes virados para cima, materiais inservíveis, ralos externos, garrafas, caixa d'água destampada, bromélias e pratinho de vaso de planta.

Em 2023, Santos registra 11 casos de dengue e 5 casos de chikungunya.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mongaguá

Suspeito de participação no 'Tribunal do Crime' é preso em Mongaguá

Homem teria ligação com o Primeiro Comando da Capital

Esportes

Assim como Cássio, Santos já teve ídolos que saíram pela porta dos fundos

Problemas financeiros e falta de times competitivos foram os principais motivos

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter