Livraria Realejo se reinventa e lança produto para levar expertise do livreiro aos leitores

Livraria completa 20 anos mantendo viva a paixão pela literatura e com formato reinventado

Comentar
Compartilhar
09 JUN 2021Por Da Reportagem11h55
Com o clube de assinaturas de livros, o livreiro José Luiz Tahan leva experiência literária premium para a casa dos assinantesCom o clube de assinaturas de livros, o livreiro José Luiz Tahan leva experiência literária premium para a casa dos assinantesFoto: Divulgação / Revolução Comunicação

Há 20 anos, o jovem José Luiz Tahan dava início ao sonho de ser dono de uma livraria, fundando a tradicional Livraria Realejo, que nasceu dentro da Faculdade de Filosofia e hoje habita o coração do bairro do Gonzaga, em Santos. Duas décadas depois, com a mesma paixão pela literatura - somada agora ao know how e a expertise que sua trajetória como renomado livreiro e editor lhe proporcionaram - Tahan reinventa seu modelo de negócios, criando um clube de assinaturas de livros.

Mas se engana quem imagina que receber um box mensal com um livro surpresa seja um produto pasteurizado. Com o DNA do experiente livreiro José Luiz, o Clube Realejo tem como marca principal a pessoalidade, levando a experiência sensorial da descoberta de um novo livro para a casa dos assinantes.

“Temos uma curadoria de livros personalizada e especial”, explica José Luiz. Do garimpo dos títulos à escolha das músicas para a playlist, passando pela confecção manual da ilustração, pela produção do vídeo exclusivo do autor e do livreiro, tudo é feito com muito cuidado. “Quem curte literatura vai adorar os complementos que vem junto do livro”, conta Tahan, entusiasmado com o formato de negócio.

O que chega na casa do assinante passa por um processo de escolha e de ambientação da leitura detalhado e criterioso. E o resultado não poderia ser outro: mais que um livro, a assinatura traz aos leitores uma experiência. É quase como transpor o bate papo e a confiança depositada no livreiro, tão tradicional nos corredores da livraria Realejo, para a casa do leitor.

“Como livreiro eu quero ser um facilitador, estimular as pessoas a conhecerem obras. Montar o box mensal do nosso clube do livro é um trabalho quase que artesanal”, acrescenta Tahan.

MERCADO EM ASCENSÃO.
As assinaturas são um modelo de negócio em alta. Para se ter uma ideia, o mercado de assinaturas é hoje responsável por 18% dos pagamentos via cartão de crédito no mundo, segundo pesquisa sobre mercado de assinaturas realizada pela Vindi, plataforma líder em processar pagamentos recorrentes e que faz gestão de billing no Brasil. A mesma pesquisa mostra que 75% das empresas oferecerão algum modelo de assinatura em um futuro próximo. 

Além da exclusividade, as assinaturas unem praticidade e agilidade, características cada vez mais buscadas no comportamento de compra dos consumidores, em especial das gerações mais novas. No Brasil, apesar da forte crise econômica, o mercado de assinaturas cresceu 60% em 2020, segundo pesquisa da Betalabs, consultoria especializada em comércio eletrônico.

O Clube Realejo nasceu em meio a pandemia, onde o isolamento social obrigou as pessoas a ficarem em casa e buscarem outras formas de entretenimento. E o interesse pelos livros foi certamente uma delas. Segundo pesquisa da Nielsen Brasil e do Sindicato Nacional dos Editores de Livros, mais de 3,7 milhões de livros foram vendidos em fevereiro de 2021, número que representa um crescimento de mais de 18% no volume de exemplares vendidos, se comparado com o mesmo período do ano anterior, pré-pandemia.

Foi acreditando no potencial da proposta de curadoria literária que o empresário Jorge Sahade Neto embarcou nesse novo projeto. Um dos três sócios do Clube Realejo, Jorge investiu no potencial do Clube e traz sua experiência em negócios para somar ao projeto da Realejo. “O mundo da literatura é fascinante e o modelo de negócios é muito interessante. Estamos no caminho certo”, sentencia.

Também sócia do Clube Realejo, a executiva Rosemary Ratide Barros conheceu o clube de assinaturas e, além de resgatar o gosto pela leitura, enxergou uma oportunidade em um mercado em ascensão. “Me apaixonei pelo modelo de negócios e, por isso, entrei na sociedade. Os assinantes percebem que os livros são selecionados de forma criteriosa. Essa é nossa maior diferença”, comenta Rosemary, que junto aos outros dois sócios já tem planos para o futuro do Clube. “Estamos criando novos produtos, planejando aumentar ainda mais o número de assinantes”.

No mercado há nove meses, o Clube Realejo busca expandir os negócios para todo o território nacional. “Vendemos para o leitor um passaporte para o mundo da literatura. Queremos encantar as pessoas com algo verdadeiro. Estamos revigorados pelo mundo digital. A ideia é levar essa reputação e experiência da Realejo para todo o país”, completa Tahan.

PRODUTO.
Os assinantes do Clube Realejo podem optar por três opções de assinatura. No Plano Livreiro, o leitor recebe mensalmente um livro de ficção surpresa, cuidadosamente selecionado pelo livreiro José Luiz Tanah. No box que carrega o livro, somam-se a essa experiência uma playlist temática com músicas selecionadas para embalar e compor o ambiente da leitura, uma ilustração colecionável retratando o autor do mês feita manualmente também pelo livreiro, além de um vídeo exclusivo do autor ou editor do livro e um marcador de páginas.

No Plano Horizonte, mensalmente uma obra é indicada por um nome de destaque no mercado empresarial que, a convite do Clube Realejo, assina o box mensal indicando um obra com foco empresarial, de empreendedorismo ou de desenvolvimento pessoal que tenha inspirado sua trajetória profissional. O Plano Horizonte também traz uma playlist especial, com canções escolhidas para acompanhar a leitura.

Já assinaram o Plano Horizonte nomes como Eduardo Centola, copresidente do Banco Modal, e Grazielle Parenti, VP Global de relações institucionais da BRF, empresa fruto da fusão entre Sadia e Perdigão.

A terceira opção para quem quer fazer parte do Clube Realejo é assinar o combo onde, com um desconto especial, o leitor leva para casa os dois pacotes: Livreiro e Horizonte.

INTERAÇÃO COM O LEITOR.
Buscando interação entre assinantes, autores e a livraria, o Clube Realejo realiza lives mensais, chamadas e Lives do Livreiro. Conduzidas por Tahan, elas trazem o autor do livro escolhido para o box do mês no Plano Livreiro e são abertas também para o público em geral. Nesses encontros virtuais, os leitores podem interagir com o autor e também com o livreiro, enviar perguntas, tirar dúvidas e mergulhar de forma ainda mais intensa no universo da literatura.

ONDE ENCONTRAR?
Além do site onde é possível saber mais sobre o Clube Realejo e fazer a assinatura do planos, a livraria também tem um canal no Youtube chamado Vida de Livreiro, onde José Luiz fala sobre literatura de forma leve, divertida e dá indicações de livros.

Os assinantes do clube e amantes da literatura também podem encontrar a Realejo nas redes sociais, com os perfis no Facebook e Instagram: Realejo Livros e Clube Realejo, com dicas e compartilhamento de experiências e impressões sobre as mais diversas obras e autores.